Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Com atuação apagada de Leandrinho, Toronto perde do Charlotte

Nos 18 minutos que atuou, ala-armador brasileiro fez somente quatro pontos na derrota do Raptors fora de casa para o Bobcats

iG São Paulo |

Em noite apagada de Leandrinho Barbosa, o Toronto Raptors foi derrotado nesta terça-feira pelo Charlotte Bobcats fora de casa por 114 a 101. O ala-armador brasileiro saiu do banco e atuou por 18 minutos. Marcou apenas quatro pontos e pegou um rebote.

Quem comandou a pontuação do Toronto foi o ala Sonny Weems, que acertou nove dos seus 13 arremessos e anotou 19 pontos. O pivô italiano Andrea Bargnani teve 18 pontos e oito rebotes. Já o armador Jerryd Bayless saiu do banco e registrou um “double-double”: 11 pontos e dez assistências.

O principal responsável pela vitória do Charlotte foi o armador D.J. Augustin, que fez 23 pontos e distribuiu oito assistências. Já o ala Gerald Wallace marcou 20 pontos, sendo 14 deles provenientes de lances livres, e capturou seis rebotes.

Os jogadores do Toronto acertaram 39 dos 78 arremessos que arriscaram durante a partida. O aproveitamento de 50% foi superior ao da equipe adversária, que converteu exatos 46,9% dos seus tiros. Mas o time canadense abusou dos erros ofensivos e cometeu 15 desperdícios de posse de bola, contra apenas nove do Charlotte.

Quando restavam três minutos para o final do primeiro quarto, o Raptors estava três pontos à frente (25 a 22). Mas o Bobcats respondeu anotando 11 dos 13 pontos seguintes e venceu o período por 33 a 27.

A liderança não escapou mais das mãos dos mandantes pelo restante da noite. O ataque do Toronto errou bastante e produziu somente 17 pontos durante todo o segundo quarto. Do outro lado, os mandantes seguiam convertendo suas cestas tranquilamente e esticaram bastante a vantagem que tinham sobre o oponente. No intervalo, o placar era de 61 a 44 em favor do Charlotte.

Durante toda a segunda metade do confronto, o Raptors não conseguiu voltar a igualar as ações. Pelo contrário: o time da casa chegou a abrir duas dezenas de superioridade (89 a 69) no início do último quarto.

Apesar de ter cortado parte da desvantagem, o Toronto não teve forças nos últimos minutos para roubar a vitória do Charlotte.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG