Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Clippers surpreende e bate o Lakers no clássico de Los Angeles

Atuais campeões falham na reta final da partida e permitem virada que interrompe série de sete jogos apenas com vitórias

iG São Paulo |

O Lakers foi surpreendido no clássico de Los Angeles. Os atuais bicampeões da NBA foram derrotados por 99 a 92 pelo Clippers, o "primo pobre" da cidade, e perderam a série de sete jogos de invencibilidade.

Para vencer o Clippers contou com o jogo coletivo mais apurado. A equipe conseguiu 26 assistências contra apenas 11 do Lakers. Outra chave para a vitória foram as bolas de três pontos. Foram oito contra apenas três dos atuais campeões. Nesta estatística, Eric Gordon foi o destaque com quatro acertos.

AP
Marcado por Pau Gasol e Andrew Bynum, Eric Gordon tenta fazer o passe
Além do destaque nos tiros longos, Gordon conseguiu também ser o principal cestinha da partida. O jogador do Clippers encerrou o jogo com 30 pontos (12 acertos em 19 arremessos). Blake Griffin foi outro bom nome. O atleta colaborou com um "double-double". Foram 18 pontos e 14 rebotes para o novato.

Pelo lado do Lakers, Kobe Bryant bem que tentou, mas não evitou o décimo segundo revés em 42 jogos. O jogador anotou 27 pontos, pegou nove rebotes e ainda deu cinco assistências. O astro teve Andrew Bynum como principal ajudante. O pivô colaborou com 18 pontos e 13 rebotes.

Mesmo com o resultado, a situação das duas equipes na tabela da Conferência Oeste não se alterou. O Lakers segue na segunda posição. Já o Clippers se manteve na décima terceira colocação com 14 vitórias e 25 derrotas.


O jogo

A partida começou equilibrada no Staples Center. Após duas trocas de liderança e com aproveitamento de 61% no ataque, o Clippers chegou ao primeiro pedido de tempo do jogo na metade do quarto inicial em vantagem (14 a 12).

Com apenas 40% de acerto nas ações ofensivas, o Lakers viu o Clippers dominar o restante da primeira parcial. O atual bicampeão da NBA chegou a estar oito pontos atrás no placar, mas reduziu a desvantagem para cinco do período (27 a 22).


O bom momento do Clippers desapareceu no começo do segundo quarto. O aproveitamento do time caiu para a casa de 40% e a equipe passou três minutos sem marcar. Com uma sequência de sete pontos seguidos, o Lakers conseguiu virar o placar.

O segundo período seguiu equilibrado. O Clippers chegou a retomar o controle do placar, mas com o 23 a 17 aplicado na parcial, foi o Lakers que foi para o intervalo em vantagem (45 a 44).

Na volta dos vestiários a partida seguiu equilibrada. Foi ai que apareceu Kobe Bryant. Com nove pontos em dois minutos, o jogador ajudou o Lakers a abrir nove de vantagem. Mas o Clippers reagiu nos últimos minutos e encerrou a parcial apenas três atrás (71 a 68).

Shannon Brown anotou seis dos oito pontos do Lakers no começo do quarto decisivo. Com o desempenho, a equipe voltou a colocar seis pontos de vantagem. Novamente o Clippers reagiu, diminuiu a diferença para apenas um e obrigou o treinador Phil Jackson a parar o jogo.

A parada não deu resultado imediato e o Clippers seguiu avançando no marcador. O Lakers começou a forçar e errar ataques. Os atuais bicampeões entraram nos últimos dois minutos em desvantagem de sete (95 a 82).

O Lakers passou a fazer faltas e trocar lances livres do Clippers por mais tempo para tentar resolver a situação. No entanto, o bom aproveitamento do rival neste fundamento impediu a reação.
 

Leia tudo sobre: Kobe BryantEric GordonBlake Griffin

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG