Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Cleveland bate Clippers e volta a vencer depois de 26 partidas

Como na última vitória, time do brasileiro Anderson Varejão precisou de prorrogação para vencer equipe adversária dentro de casa

iG São Paulo |

Chegou ao fim a maior série de derrotas da história da NBA. Depois de perder os últimos 26 jogos, o Cleveland Cavaliers voltou a vencer. Nesta sexta-feira, o Cavs superou o Los Angeles Clippers, dentro de casa, por 126 a 119, com direito a uma prorrogação.

A última vitória da equipe de Ohio havia acontecido no dia 18 de dezembro, quando bateu o New York Knicks por 109 a 102, também dentro de casa e após uma prorrogação.

Antawn Jamison teve mais uma ótima exibição e foi o grande comandante da vitória do Cleveland. O ala foi o cestinha da noite com 35 pontos; pegou ainda nove rebotes. Outro atleta com grande parcela de responsabilidade no triunfo dos mandantes foi o pivô J.J. Hickson. Ele fez um “double-double”: 27 pontos e 14 rebotes. Deu ainda quatro tocos, um deles em cima de Baron Davis, no estouro do cronômetro no tempo normal, evitando a cesta do adversário e levando a partida para a prorrogação.

O principal destaque do Clippers foi o ala-pivô calouro Blake Griffin. Ele somou 32 pontos e 13 rebotes. Já o armador Baron Davis apareceu com 26 pontos, sete assistências e quatro rebotes.

O clima de decisão com o qual os jogadores do Cleveland entraram em quadra ficou evidente desde o momento em que a bola subiu pela primeira vez na noite, marcando o início da disputa.

AP
Jamison encara marcação de Griffin
Durante o tempo regulamentar, as duas equipes se alternaram na liderança do marcador 19 vezes e estiveram empatadas em 16 outras oportunidades. E em nenhum momento a vantagem de um time sobre o outro chegou a superar os oito pontos.

A expectativa dos torcedores na Quicken Loans Arena pelo fim do jejum de vitórias da equipe local ficava maior na medida em que o jogo se aproximava do seu desfecho. Os dois lances livres de Jamison com exatamente 1:42 minuto restante deixaram o Cavs quatro pontos à frente (108 a 104).

Contudo, o ataque parou de funcionar nas posses de bola seguintes. O Clippers aproveitou-se desta situação e virou a partida (110 a 108). Mas um arremesso certeiro de Mo Williams a seis segundos do fim empatou o jogo novamente (110 a 110). O time californiano teve a chance de ganhar ainda no tempo regulamentar, mas a bandeja de Baron Davis foi bloqueada por J.J. Hickson no último segundo.

A mão certeira de Daniel Gibson na prorrogação ajudou o Cavs a assumir o controle da situação. Os dois lances livres do armador com pouco mais de um minuto para o fim do tempo extra deram seis pontos de superioridade à equipe (120 a 112).

Mas os torcedores do Cleveland sofreram ainda um pouco mais antes de comemorarem a vitória. Isso porque o Clippers acertou seus dois ataques seguintes e chegou a cortar a desvantagem para apenas um ponto (120 a 119). Mas um tiro de longa distância de Jamison e os lances livres de Williams e Gibson confirmaram a vitória e o fim do martírio da equipe do Ohio.

 

Leia tudo sobre: cleveland cavaliersnbalos angeles clippers

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG