Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Chris Paul brilha e comanda triunfo do New Orleans sobre o Lakers

Mesmo jogando em Los Angeles, Hornets dominou o jogo e abre vantagem na série de playoff contra o time californiano

iG São Paulo |

AP
Kobe Bryant tenta a cesta para o Lakers
O New Orleans Hornets conquistou uma importante vitória na tarde deste domingo. Mesmo jogando na Califórnia, a equipe contou com atuação inspirada do armador Chris Paul para vencer o Los Angeles Lakers por 109 a 100 e abriu o playoff melhor de sete com vitória.

Paul comandou o triunfo do Hornets. O armador marcou 33 pontos e completou um "double-double" ao distribuir 14 assistências na partida. O jogador ainda liderou a equipe em rebotes com os sete que pegou no duelo realizado no Staples Center em Los Angeles.

Pelo lado do Lakers, o melhor foi Kobe Bryant. O astro do time californiano foi o cestinha do duelo com 34 pontos. No entanto, com dois erros nos dois minutos finais do duelo o jogador enterrou qualquer possibilidade de reaação da equipe de Los Angeles.

Para conseguir a primeira vitória em cinco encontros com o Lakers na temporada, o New Orleans contou com ótimo aproveitamento no ataque. O Hornets converteu 51% das ações ofensivas. Já a equipe de Los Angeles conseguir produzir pontos em 46% das investidas.

Com o triunfo, o time de Paul consegue reverter o mando de quadra. Embora ainda tenha que encarar mais um duelo em Los Angeles antes que a série vá para New Orleans, basta ao Hornets vencer os três jogos que fará em casa para assegurar a vaga na segunda rodada dos playoffs.

O jogo

O New Orleans começou melhor o jogo. Com 66% de aproveitamento no ataque nos quatro minutos iniciais, os visitantes conseguiram abrir 12 a 4 no placar. No entanto, o sistema ofensivo do Hornets parou de funcionar e o Lakers precisou de apenas dois minutos para conseguir a virada e assumir o controle do jogo pela primeira vez.

O jogo então ficou equilibrado. As equipes passaram a se alternar no controle do marcador. O New Orleans chegou a abrir seis pontos de vantagem, mas as cestas de Pau Gasol e Kobe Bryant reduziram a diferença entre os times para apenas dois ao final dos 12 minutos iniciais: 26 a 24.

O Hornets seguiu com bom desempenho ofensivo no segundo quarto. O aproveitamento de ataque do New Orleans chegou aos 58% no final do primeiro tempo. Com isso, os visitantes mantiveram o controle do placar durante todo o período. Apesar do domínio em rebotes (22 a 18), o Lakers foi para o intervalo em desvantagem: 55 a 47.

Sem sofrer pontos nos quatro minutos iniciais do segundo tempo, o Lakers conseguiu reduzir a desvantagem para apenas um. No entanto, após um pedido de tempo do treinador Monty Williams, o Hornets voltou a estabelecer a vantagem entre seis e oito pontos.

Forçando a defesa, o Lakers conseguiu fazer o aproveitamento de ataque do Hornets cair para 48%. Com isso, o time de Los Angeles conseguiu nova reação. Bryant deu show e marcou 11 pontos em cinco minutos para colocar os donos da casa em desvantagem de apenas um antes dos 12 minutos decisivos: 73 a 72.

O Lakers não começou bem o período final. Com os reservas em quadra, o time de Los Angeles permitiu ao New Orleans abrir novamente oito pontos de vantagem. Comandado pela ótima atuação de Chris Paul, os visitantes chegaram aos três minutos finais com 96 a 90 no placar.

Após dois erros de Bryant, o New Orleans conseguiu abrir dez pontos de vantagem. As falhas foram determinantes e impediram qualquer chance de reação do time de Los Angeles. O Hornets soube aproveitar as posses de bola nas últimas ações e garantiu o triunfo.
 

Leia tudo sobre: Los Angeles LakersChris PaulKobe Bryant

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG