Dono de 34 pontos na terceira partida contra o Chicago, ala-pivô é elogiado por treinador e companheiros

Getty Images
Chris Bosh sobe para a enterrada
Chris Bosh fez a diferença em favor do Miami Heat na terceira partida da série melhor de sete jogos da final da Conferência Leste. O ala-pivô foi o cestinha da vitória sobre o Chicago Bulls neste domingo
ao anotar 34 pontos, fruto de um aproveitamento de 13 arremessos certeiros em 18 tentados.

“Ele veio para o jogo com uma mentalidade bastante agressiva”, disse Erick Spoelstra, técnico do Miami. “Nós tentamos ajudá-lo um pouco para termos uma maior variedade no ataque”.

Spoelstra elogia a leitura de jogo de Bosh: “Nós tivemos jogadores diferentes assumindo o controle das últimas partidas. Hoje, ele impôs um forte ritmo desde o começo e nos deu um alívio”.

Durante o primeiro quarto, o Miami teve um aproveitamento de apenas 35% nos arremessos. Bosh colaborou com o baixo índice e também sofreu para converter seus chutes, tendo errado as três primeiras tentativas e anotado somente três pontos ao longo dos 12 minutos iniciais.

O cenário mudou completamente no segundo período. Bosh superou a marcação do Bulls e passou a enfileirar cestas. Teve sucesso tanto nas jogadas próximas à cesta como nos tiros de média distância e foi para os vestiários com 16 pontos. Na segunda metade, continuou com a pontaria calibrada e somou mais 18 pontos, totalizando 34.

“Eu só tentei jogar de maneira agressiva, como tento fazer em todas as partidas”, contou Bosh. “Errei no início alguns arremessos que eu achava que eram bons, que eu estava equilibrado. Mas depois que fui
para a linha do lance livre e vi a bola entrar pela primeira vez, foi o que me bastou”.

Os dois outros astros do Heat somaram 39 pontos – apenas cinco a mais do que Bosh fez sozinho. LeBron James marcou 22 e Dwyane Wade anotou 17. Eles sabem que a chave do sucesso da equipe no jogo era entregar a bola nas mãos do ala-pivô.

“Ele estava com um ritmo bom”, afirmou LeBron. “E quando temos alguém assim no nosso time, nós continuamos o procurando para definir o ataque”.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.