Ala-pivô do Miami Heat creditou má atuação no terceiro jogo da série à intimidação imposta por jogadores e torcida de Boston

O ala-pivô Chris Bosh admitiu ter sido intimidado pelo ambiente que encontrou em Boston para a terceira partida da série entre seu time, o Miami Heat, e o Celtics. A equipe da Flórida perdeu por 98 a 81 .

Nervoso, Bosh atuou pouco mais de 30 minutos para conseguir apenas seis pontos e cinco rebotes. Convertendo somente uma cesta no jogo inteiro, o atleta teve uma de suas piores atuações com a camisa do Heat.

“Eles estavam extremamente confiantes”, disse o ala-pivô sobre o adversário. “Minhas emoções afloraram e ditaram a forma como me comportei pelo restante da noite”.

Pior do que a atuação quase nula, Bosh permitiu que o astro Kevin Garnett saísse de quadra com 28 pontos e 18 rebotes. “Eu não estava confiando no meu jogo”, falou o jogador. “A coisa mais dura que existe em um ambiente hostil é não acreditar em você mesmo”.

O atleta acredita que mais calma e autocontrole são as chaves para melhorar seu rendimento para o restante da série. “Eu não estava relaxado e jogo melhor quando estou relaxado”, disse. “Tenho que administrar minhas emoções e jogar basquete”. Além disso, apontou que é preciso aprender com os erros cometidos e absorver possíveis ensinamentos.

Embora Bosh tenha admitido nervosismo somente no jogo de Boston, o ala-pivô tem tido problemas nos playoffs em todas as partidas disputadas fora de casa. Sua média cai de 18.4 para 12.3 pontos quando sai de Miami para jogar na quadra dos oponentes.

    Leia tudo sobre: NBA
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.