Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Chicago vence Memphis em casa e se consolida na liderança

Bulls atinge 14 vitórias consecutivas como mandante. Derrick Rose faz 24 pontos, sete rebotes e sete assistências

iG São Paulo |

O Chicago Bulls fez um jogo bastante equilibrado contra o Memphis Grizzlies nesta sexta-feira. Mas no final, mostrou novamente sua força dentro de casa: venceu por 99 a 96 e atingiu o 14º jogo de invencibilidade como mandante na temporada.

Getty Images
Derrick Rose foi o cestinha do Bulls novamente
Com este resultado, a campanha do Chicago é de 52 vitórias e 19 derrotas. A equipe lidera a Conferência Leste com um pouco mais de folga, pois o Boston Celtics foi derrotado nesta noite e permanece com 50 vitórias em 71 jogos.

Derrick Rose, mais uma vez, foi o grande líder do Chicago em quadra. O armador foi o cestinha da noite com 24 pontos, além de ter apanhado sete rebotes e dado sete assistências. O ala Luol Deng colaborou com 23 pontos e seis rebotes. Já o ala-pivô Carlos Boozer teve 12 pontos e nove rebotes.

O principal anotador do Memphis foi o ala-pivô Zach Randolph, que fez 16 pontos e ainda pegou cinco rebotes. Seu companheiro de garrafão, o pivô espanhol Marc Gasol, fez um “double-double”: 14 pontos e 11 rebotes.

O ataque do Bulls cometeu 14 desperdícios de posse de bola e converteu somente 41,5% dos seus arremessos. Mas a falta de pontaria foi compensada nos rebotes: foram 45 capturados no jogo, contra 32 do Grizzlies.

As equipes se revezaram 23 vezes na liderança do marcador e estiveram em igualdade em outras 17 oportunidades. Além disso, a diferença entre os times no placar não ficou mais elástica do que nove pontos em momento algum.

Após uma corrida de nove pontos consecutivos, o Memphis vencia por 45 a 37 com três minutos restantes para o intervalo. Mas Luol Deng assumiu a condição de principal arma ofensiva do Bulls e comandou a virada da sua equipe, que encerrou a primeira metade na liderança (49 a 46). À esta altura, o ala já tinha 16 pontos.

O jogo seguiu bastante parelho no decorrer da segunda metade. O placar apontava empate em 93 pontos com 2:28 minutos para o fim, após Marc Gasol ter acertado dois lances livres. Mas Derrick Rose prontamente apareceu para definir a partida em favor do Bulls ao anotar cinco pontos consecutivos e deixar os mandantes à frente por 98 a 93.

A cesta de longa distância de O.J. Mayo a quatro segundos do fim ainda deu esperanças ao Grizzlies. Perdendo por dois pontos (98 a 96), a única alternativa que restava aos visitantes era cometer uma falta imediatamente e torcer por um erro do adversário no lance livre. E foi isso o que aconteceu: Rose desperdiçou o primeiro tiro, mas converteu o segundo.

Com isso, o Memphis teve a chance no fim de realizar um arremesso para levar a decisão do confronto para a prorrogação. Mas o chute de Mike Conley no estouro do relógio não caiu, para alegria da torcida local.

O Chicago parte agora agora para Milwaukee, onde enfrenta o Bucks neste sábado.Já o Memphis volta ao seu ginásio e receberá a visita do San Antonio Spurs no domingo.

Leia tudo sobre: nbachicago bullsmemphis grizzlies

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG