Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Chicago vence Indiana, faz 3 a 0 e fica perto da classificação

Bulls contou com excelente desempenho de Derrick Rose no último quarto para vencer por 88 a 84. Se ganhar sábado está na semifinal

iG São Paulo |

O Chicago Bulls venceu o Indiana Pacers em Indianápolis por 88 a 84, abriu 3 a 0 na série melhor de sete (quem vencer primeiro quatro partidas se classifica) e coloca um pé nas semifinais da Conferência Leste da NBA. Novamente Derrick Rose foi o nome do jogo: o armador do Bulls anotou 23 pontos e foi o cestinha da partida.

Rose, no entanto, encontrou muita dificuldade durante o confronto, graças à ótima marcação feita sobre ele, a maior parte do tempo por Dahntay Jones. Prova disso é que Rose acertou apenas quatro de seus 18 arremessos em todo o jogo. Em compensação, encestou 13 de seus 15 lances livres.

Getty Images
Rose tenta bandeja marcado por McRoberts
Luol Deng também brilhou pelo Chicago. O sudanês naturalizado britânico anotou 21 pontos. E do banco Kyle Korver adicionou 12 pontos, dez deles no último quarto.

Do lado do Indiana, Danny Granger, apesar de ter errado o arremesso que poderia ter dado a vitória aos anfitriões, foi o melhor jogador ofensivo: 21 pontos.

A pobreza nos arremessos de três do Indiana, aliás, chama a atenção e explica em parte o insucesso do time na partida: apenas um de seus dez arremessos entrou. Em contrapartida, o Chicago acertou nove em 20. Keith Bogans encestou todas as suas três tentativas e foi quem teve o melhor aproveitamento no Chicago.

O jogo
Como aconteceu nos dois jogos anteriores (vitória de 104 a 99 e na sequência 96 a 90), a marcação do Indiana foi muito forte. Nos primeiros cinco minutos o Chicago cometeu quatro erros. Para piorar, Carlos Boozer fez duas faltas precocemente (7:43 minutos para o final) e deixou o jogo, como ocorreu na partida passada, em Chicago.

A marcação dobrada do Pacers em cima de Derrick Rose era eficiente. O armador do Bulls, candidato para ganhar o MVP desta temporada, tinha dificuldades para armar as jogadas. Cometeu três erros no primeiro quarto.

Getty Images
Joakim Noah é marcado por Roy Hibbert
Mesmo com tanta dificuldade, o Chicago fechou o quarto inicial em 21 a 17. Foi a primeira vez na série que o Bulls ganhou os primeiros 12 minutos.

A eficiente defesa do Indiana prosseguiu no segundo quarto. Rose cometeu também duas faltas na metade do período, uma delas ofensiva, pois não conseguia se livrar do aperto adversário.

A ótima defesa do Pacers colheu seus primeiros frutos na etapa inicial quando faltavam 3:43 minutos para o final. Depois de Korver cometer um erro de passe, Darren Collison anotou dois pontos para o Indiana no contra-ataque e levou o time da casa à frente em 34 a 33.

O Pacers chegou a fazer 38 a 35, sua maior vantagem na etapa inicial. Mas uma corrida de 7 a 0 do Chicago igualou as ações e o primeiro tempo terminou empatado em 42 pontos. Luol Deng, com 14 pontos, foi o destaque do Bulls.

No segundo tempo, o técnico Frank Vogel seguiu com sua estratégia de deixar Jones na marcação de Rose. Estratégia que funcionava perfeitamente. O armador do Chicago só chegou ao duplo dígito na marcação na metade do terceiro período, tendo tido, até então, um aproveitamento de apenas 3-12 nos arremessos.

Deng seguiu sendo a solução dos problemas do Bulls. Fez neste período mais sete pontos e ajudou o Bulls a fechar o placar em 65 a 64.

No último quarto, no entanto, Rose apareceu para definir a partida. Encontrou os espaços na defesa do Indiana, que até então parecia uma muralha ao armador do Bulls. Bateu seis lances livres e a 17,8 segundos do final da partida fez uma infiltração que culminou com uma bandeja que colocou o Chicago na frente em 86 a 84.

Depois do pedido de tempo, Granger tentou um arremesso de três que deu aro. Ronnie Brewer pegou o rebote e sofreu falta a um segundo do final. Converteu os dois lances e levou o marcador aos definitivos 88 a 84.

O próximo jogo está marcado para sábado, às 15h30 de Brasília. Se o Chicago vencer se classifica para as semifinais da conferência e pega o vencedor da série entre Orlando e Atlanta, que está empatada em 1 a 1.

 

Leia tudo sobre: Derrick RoseLuol DengKyle KorverDanny Granger

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG