Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Chicago vê "NBA Draft" como oportunidade de reforçar o elenco

Apesar de ter escolhas apenas no final da primeira rodada, diretoria do Bulls pretende adicionar jogadores que façam time evoluir

iG São Paulo |

A diretoria do Chicago Bulls quer usar o “NBA Draft” para deixar o time ainda mais competitivo para a próxima temporada. Gar Forman, gerente geral da franquia, afirmou que não pretende abrir mão das duas escolhas que terá no final da primeira rodada do recrutamento – na 28ª e na 30ª posições – e que o objetivo é adicionar atletas que tenham condições de permanecer no elenco da equipe.

“Nós passamos muito tempo estudando os jogadores disponíveis neste ‘Draft’, como sempre”, disse Forman. “Analisamos todos os caras, não só dentro de quadra com o perfil de cada um fora dela. São coisas que nos ajudam bastante a fazer as escolhas. Temos a sensação de que haverá bons jogadores disponíveis”.

O Bulls terá direito também à 13ª escolha da segunda rodada do recrutamento. Forman revelou que cerca de 50 atletas passaram pelo centro de treinamento da equipe e foram analisados pela comissão técnica. Mesmo assim, admite que as chances de selecionar uma futura estrela da liga são raras.

“É difícil”, afirmou o cartola. “Você quase nunca vai encontrar jogadores de impacto que foram selecionados na 28ª ou na 30ª posição dos ‘Drafts’. Nós queremos escolher alguém que cause impacto. Se não conseguirmos, esperamos adicionar atletas que se encaixem à equipe, que compareçam ao nosso ginásio e trabalhem com os treinadores”.

Com 62 vitórias em 82 jogos, o Chicago foi o time de melhor campanha na fase de classificação da temporada 2010/11. Nos playoffs, passou por Indiana Pacers e Atlanta Hawks, antes de ser derrotado pelo Miami Heat nas finais da Conferência Leste .

Forman demonstra estar satisfeito com o desempenho da equipe. Por isso, quer ter a certeza de que vai escolher atletas que correspondam ao perfil do time e não planeja fazer grandes mudanças no elenco.

“Não queremos simplesmente acumular talentos", declarou Forman. "Nosso pensamento é o de construir uma equipe, de fazer com que todas as peças se encaixem. Temos nossas necessidades, todos os times têm. É nosso trabalho resolvê-las. Mas ao mesmo tempo, não vejo mudanças drásticas no horizonte. Temos um time que julgamos ser competitivo por muitos anos”.

Leia tudo sobre: chicago bullsnbagar forman

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG