Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Chicago pode assumir a liderança do Leste nesta terça-feira

Bulls recebe o fraco Wizards e se vencer assume pela primeira vez a ponta da conferência. Foi beneficiado pela derrota do Boston

iG São Paulo |

Apenas quatro jogos movimentam a rodada desta terça-feira na NBA. O mais importante deles acontece em Chicago, onde o Bulls recebe o Washington Wizards jogando pela liderança da Conferência Leste.

Em caso de vitória do Chicago, o time será líder pela primeira vez na temporada. Isso porque o Boston Celtics foi derrotado nesta segunda-feira que passou pelo New Jersey (88 a 79) e ficou com a mesma campanha do Bulls: 47 vitórias e 18 derrotas. Ou seja: 72,3% de aproveitamento.

Se o Chicago vencer o Wizards, chega 48 vitórias e 18 derrotas, o que daria um percentual de 72,7%. Com isso, assumiria a liderança do Leste.

Teoricamente, a tarefa não é difícil, pois o time da capital dos EUA é um dos mais fracos da competição. É o penúltimo colocado da conferência com 16 vitórias e 49 derrotas (24,6%). E nos três confrontos entre eles nesta temporada, o Bulls venceu todos.

O Washington não ganha há quatro jogos e dos últimos 12 compromissos só deixou a quadra como vencedor em apenas um deles.

Já o Bulls não perde há seis partidas. Das últimas dez só foi batido uma vez. E em seu United Center, local do confronto desta terça-feira, não perde há 11 jogos. Sequência invicta semelhante a esta não ocorria desde a temporada 1997/98, quando Michael Jordan jogava com a camisa 23 do Bulls.

O time, no entanto, tem problemas: o ala-pivô Carlos Boozer, contundido no tornozelo esquerdo, dificilmente terá condições de jogar.

O Wizards também tem seus problemas: Rashard Lewis e Andray Blatche também estão lesionados e provavelmente ficarão de fora.

O jogo começa às 21h de Brasília.

Getty Images
Rose contra o Wizards; se o Bulls vencer o adversário nesta terça, assume a ponta no Leste

Às 23h, outro encontro importante desta rodada: em Portland, o Trail Blazers recebe o Dallas Mavericks. É outro duelo que pode significar mudança importante na tabela de classificação. Neste caso, na Conferência Oeste.

O Dallas sustenta até o momento uma campanha de 47 vitórias e 19 derrotas, aproveitamento de 71,2%. Caso seja derrotado, seu aproveitamento de pontos cairá para 70,1%, menor do que o do Los Angeles Lakers, que tem atualmente um desempenho de 70,6%, fruto de um cartel de 48 vitórias e 20 derrotas.

Se jogar o que pode, o Dallas, mesmo em Portland, tem boas chances de vencer a partida. O Blazers é um time irregular e ocupa apenas a sétima posição na conferência.

Vem de duas derrotas seguidas (Charlotte e Atlanta, ambas fora de casa). Dos últimos seis jogos em seu Rose Garden, ganhou três e perdeu outros três.

Já o Dallas tem um bom retrospecto fora de casa nesta temporada: 23 vitórias e nove derrotas. Será a primeira vez neste torneio que o time texano jogará no Oregon, pois os dois compromissos entre ambos (vitórias do Mavs) aconteceram em Dallas.

O único problema do técnico Rick Carlisle é o ala Peja Stojakovic. O sérvio do Dallas está com um problema no pescoço e não atua há três partidas. É dúvida uma vez mais.

Já o técnico Nate McMillan terá à sua disposição o que tem de melhor. O Portland entrará em quadra completo.

Os dois outros jogos desta terça-feira são:

Atlanta x Milwaukee (20h)
Indiana x New York (20h)

 

Leia tudo sobre: Derrick RoseCarlos BoozerDallasPortlandNBA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG