Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Chicago leva a melhor sobre o Toronto de Leandrinho Barbosa

Derrick Rose brilha e comanda triunfo apertado do líder do Leste. Brasileiro teve boa atuação na partida

iG São Paulo |

O Toronto Raptors não conseguiu derrubar o favoritismo do Chicago Bulls e a boa fase de Derrick Rose. Jogando fora de casa, o time do brasileiro Leandrinho Barbosa até conseguiu equilibrar o duelo contra o líder da Conferência Leste, mas acabou derrotado por 113 a 106 na noite deste domingo com mais uma grande atuação do armador rival.

Leandrinho teve uma boa participação na partida. Foram 18 pontos marcados pelo ala-armador brasileiro e uma assistência nos 28 minutos em que participou do jogo. No entanto, quem brilhou foi Derrick Rose do Chicago. O jovem armador anotou 36 pontos, deu dez assistências e comandou o triunfo do Bulls.

AP
Derrick Rose tenta cesta para o Bulls
Além da boa atuação de Rose, o Bulls contou com domínio no garrafão para conseguir o triunfo neste sábado. O time de Chicago pegou 42 contra 33 do Toronto. O destaque nesta estatística foi Carlos Boozer. O jogador do time da casa pegou dez e completou um "double-double" ao marcar 18 pontos.

Foi a 56ª vitória do Chicago em 76 jogos na temporada. A equipe segue na primeira colocação da Conferência Leste. Com o resultado positivo deste sábado, o Bulls abre três triunfos de vantagem em relação ao Miami Heat e quatro ao Boston Celtics na briga pelo topo.

O resultado deste sábado também aproxima o Bulls da briga pela primeira posição geral na NBA. Agora, o time de Chicago tem apenas duas vitórias a menos do que o San Antonio Spurs, time de melhor campanha na temporada.

Já o Toronto amargou a 55ª derrota na temporada. O time de Leandrinho venceu apenas 20 vezes até o momento no campeonato e já não possui chances de se classificar para os playoffs da Conferência Leste.

O jogo

Mesmo jogando fora de casa, o Toronto começou melhor a partida. Forte na defesa, o Raptors permitiu apenas 25% de acerto nas ações ofensivas para o Chicago nos primeiros oito minutos do jogo. No entanto, o Bulls conseguiu a virada após anotar dez pontos seguidos. Com isso, os anfitriões terminaram o primeiro quarto com 25 a 19 no placar.

Com Leandrinho em quadra e marcando seis dos oito pontos do Toronto na primeira metade do segundo quarto, o Toronto conseguiu equilibrar as ações. No entanto, o Chicago seguiu com conforto no placar. Com Derrick Rose comandando a equipe, o Bulls manteve vantagem entre seis e dez durante todo o período. O jogo chegou ao intervalo com os donos da casa vencendo por 53 a 43.

O Toronto voltou melhor dos vestiários, especialmente com Jerryd Bayless. O jogador fez 11 pontos nos primeiros seis minutos do segundo tempo. O bom desempenho do atleta fez o Raptors reduzir a desvantagem no placar para apenas quatro e obrigou o treinador Tom Thibodeau a pedir tempo para o Chicago.

O Toronto chegou a ficar apenas um ponto atrás no placar. No entanto, os 15 pontos de Rose no terceiro quarto evitaram a virada dos visitantes. O ótimo desempenho do armador arrancou gritos de "MVP" (jogador mais valioso) da torcida e levou a partida para os 12 minutos finais com 83 a 75.

O Chicago conseguiu recolocar a diferença entre as equipes na casa de dois dígitos logo no começo quarto final. No entanto, o Toronto reagiu e reduziu novamente a desvantagem para apenas quatro quando restavam apenas três minutos.

Com cinco pontos consecutivos de Kyle Korver, o Chicago abriu sete pontos de frente já no minuto final. A vantagem foi decisiva. O Toronto até apelou para as faltas com a finalidade de congelar o relógio, mas o bom desempenho dos jogadores do Bulls na linha do lance livre evitou qualquer reação.


Leia tudo sobre: Chicago BullsDerrick RoseLeandrinho Barbosa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG