Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Chicago e Miami buscam segunda vitória nos playoffs nesta noite

Os melhores times da Conferência Leste tiveram dificuldades na primeira partida dos mata-matas, mas garantiram a vitória no fim

iG São Paulo |

Chicago Bulls e Miami Heat, as duas equipes de melhor campanha da Conferência Leste na temporada regular, tiveram bastante dificuldade no primeiro jogo dos playoffs. Mas no fim das contas, acabaram vencendo dentro de casa Indiana Pacers e Philadelphia 76ers, respectivamente. Ambos atuarão novamente como mandantes nesta segunda-feira buscando aumentar a liderança na série.

Para a partida desta noite contra o Sixers, que terá início às 20h de Brasília, o Heat pode não contar com Dwyane Wade. O ala-armador ficou de fora do treino de domingo da equipe por conta de uma enxaqueca e sua presença em quadra só deverá ser definida momentos antes do início do duelo.

O Philadelphia conta com força máxima e espera repetir a boa marcação realizada no trio de astros no primeiro jogo da série para novamente ter chances de bater o time da Flórida fora de casa. Na derrota por 97 a 89 do sábado, os comandados de Doug Collins limitaram Wade, LeBron James e Chris Bosh a um aproveitamento de apenas 40,9% nos arremessos (18 acertos em 44 tentativas).

O retrospecto como visitante do Sixers na temporada não é nada animador. Foram apenas 15 vitórias ao longo dos 41 compromissos realizados longe de seus domínios. Além disso, foi derrotado em todas as três vezes que cruzou o caminho do Heat na fase classificatória.

Mais tarde, às 22h30, o Bulls encara o Pacers, que esteve muito próximo de uma surpreendente vitória na partida que inaugurou os playoffs. Não fosse uma corrida de 16 pontos a um no encerramento da disputa, o time de melhor campanha da temporada regular abriria sua participação nos mata-matas com derrota dentro de casa.

As bolas de três pontos foram o grande trunfo do Pacers no primeiro jogo da série. Em 18 arremessos de longa distância arriscados, dez acertaram o alvo. No entanto, a defesa não conseguiu segurar Derrick Rose. A grande estrela do Bulls, apontado como o grande favorito ao prêmio de melhor jogador da temporada, marcou 39 pontos – sendo 19 deles provenientes de lances livres.

Além de contar com uma nova grande atuação de Rose, o técnico Tom Thibodeau espera que sua equipe melhore defensivamente. Isso porque o Chicago sofreu 99 pontos no sábado, número muito acima da média de pontos sofridos na temporada regular (91,3).

Leia tudo sobre: chicago bullsnbamiami heat

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG