Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Chicago despacha Boston e garante primeiro lugar do Leste

Defesa agressiva e noite inspirada de Derrick Rose possibilitam vitória dentro de casa do Bulls, que se consolida na liderança

iG São Paulo |

O Chicago Bulls garantiu o primeiro lugar do Leste pela primeira vez em 13 anos. A conquista veio nesta quinta-feira com a vitória dentro de casa por 97 a 81 sobre o Boston Celtics, vice-líder da conferência.

A campanha do Chicago após o resultado desta noite é de 58 vitórias e 20 derrotas. Com mais quatro compromissos por realizar na temporada, a equipe não pode mais ser alcançada por Miami Heat e pelo próprio Boston, que estão logo atrás na classificação com desempenho de 54 triunfos e 24 revezes.

O feito coroou a noite dos torcedores locais, que testemunharam um outro momento especial. A estátua de bronze de Scottie Pippen (um dos ídolos da franquia nos anos 1990) que ficará no ginásio foi revelada no intervalo do jogo.

O astro Derrick Rose, mais uma vez, foi o grande responsável pelo resultado positivo do time de Illinois. A atuação de 30 pontos, oito assistências e cinco rebotes fez com que o armador ouvisse os gritos de “MVP” vindos do público que lotou o United Center. Cena que ficou bastante comum ao longo da temporada.

O ala Luol Deng também apareceu de maneira decisiva ao marcar 23 pontos e pegar seis rebotes. Já o ala-pivô Carlos Boozer atingiu o “double-double” ao somar 14 pontos e 12 rebotes.

Quem comandou a pontuação do Boston foi o ala Paul Pierce, com 15 pontos. Mas o melhor jogador da equipe de Massachusetts no confronto foi o ala-pivô Kevin Garnett, que acumulou dez pontos e dez rebotes.

O Boston acertou apenas 38,4% de arremessos ao longo da disputa. Mas os visitantes davam indícios de que teriam um bom desempenho ofensivo ao converterem os quatro primeiros chutes que tentaram, abrindo 8 a 4 com pouco mais de dois minutos jogados.

Insatisfeito com o desempenho defensivo dos seus comandados, o técnico Tom Thibodeau pediu um tempo. A pausa no jogo deu resultado, pois o Bulls ajustou a defesa, passou à frente no marcador e assumiu o controle do jogo. Terminou o primeiro quarto vencendo por 26 a 18.

Aproveitando a presença dos reservas no início do segundo período, o Celtics voltou a equilibrar a partida e ameaçou empatar. O retorno dos titulares permitiu que o time da casa mantivesse a superioridade e fosse para os vestiários cinco pontos à frente (48 a 43).

O início da segunda metade foi muito parecido com o que já havia acontecido no princípio do confronto: com o Boston acertando tudo no ataque. Ao marcar seis pontos seguidos, a equipe alviverde conseguiu a virada (49 a 48). Sem a necessidade de Thibodeau pedir o tempo, o Chicago respondeu de maneira imediata: engatou dez pontos consecutivos e voltou a abrir distância confortável (58 a 49).

As cestas de longa distância de Deng e Rose na reta final do terceiro quarto fizeram com que o Bulls estendesse a liderança para a casa dos dois dígitos (71 a 60). Qualquer chance de reação do Celtics acabou no último quarto. Os visitantes encontraram muita resistência da defesa adversária e acertaram apenas seis arremessos ao longo dos 12 últimos minutos.

Sem ameaça do rival, o Chicago confirmou o triunfo com tranquilidade no fim e assegurou o primeiro lugar do Leste pela primeira vez desde 1998, quando conquistou seu último título.

Os dois times voltam a jogar já nesta sexta-feira. Derrick Rose e companhia pegam o Cleveland Cavaliers fora de casa. Já o Boston receberá a visita do Washington Wizards.

Leia tudo sobre: chicago bullsnbaboston celtics

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG