Após conquistar vitória por 21 pontos de diferença, time aguarda adversário com postura mais agressiva

ap
Joakim Noah, pivô do Chicago Bulls
A vitória por 103 a 82 no primeiro jogo das finais da Conferência Leste mostrou porque o Chicago Bulls foi o melhor time da temporada regular. Agora, para a segunda partida da série, o time do MVP Derrick Rose acredita que o Miami Heat vá apresentar uma postura mais incisiva.

“Eu tenho certeza que algo será diferente e nós estaremos focados em qualquer área que eles foquem”, afirmou o ala Luol Deng, responsável pela marcação do astro LeBron James. “Nós temos que estar prontos para fazer este ajuste”.

Para o pivô Joakim Noah, o “algo diferente” que o Heat deverá trazer é maior agressividade dentro de quadra. “Nós sabemos que eles serão mais agressivos”, disse. “Mas sentimos que também podemos ser”.

O astro LeBron James, de Miami, acredita que o ponto fundamental para mudar a história da série está nos rebotes. “Nós temos que fazer um trabalho melhor nos rebotes”, falou. “Esta foi a quarta vez que fomos vencidos pelo Bulls no garrafão. É neste ponto em que eles dominam”. O Heat perdeu as quatro partidas realizadas contra o oponente na temporada.

A outra grande estrela de Miami, Dwyane Wade, acrescenta a movimentação de bola às áreas em que o time precisa melhorar: “Eu não acho que fizemos um bom trabalho movimentando a bola. Por isso que olhamos para o cronômetro, faltam sete segundos para o fim da posse, e temos que recorrer a jogadas individuais que nunca funcionam”.

Contra as possíveis mudanças do Heat, o treinador Tom Thibodeau espera que o Bulls mantenha o empenho na defesa e rebotes. “A defesa e rebotes são duas áreas com as quais queremos contar todas as noites”, disse. “Alguns jogos, você vai arremessar melhor do que em outros. Mas, se você estiver fazendo estas duas coisas, ainda terá uma chance de vencer”.

A postura de Miami e a estabilidade de Chicago serão testadas na noite desta quarta-feira, quando as duas equipes entram em quadra para a segunda partida das finais de conferência.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.