Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Chicago Bulls amplia série de derrotas do Knicks para 6 jogos

Franquia de Nova York foi a Chicago, mas sofreu com a grande atuação de Derrick Rose. Em Los Angeles, o Celtics venceu o Clippers

iG São Paulo |

Após a explosão do fenômeno Jeremy Lin, o New York Knicks amarga agora uma série de derrotas. Na noite de segunda-feira, o time perdei para o Chicago Bulls por 104 a 99 e chegou ao sexto tropeço consecutivo.

Leia também: Jogador de basquete posta foto de mulher no Twitter seminua e é multado

Enquanto o Bulls soma 35 triunfos e nove derrotas, na liderança da Conferência Leste, o Knicks venceu 18 de suas 42 partidas, sendo ultrapassado nos critérios de desempate pelo Milwaukee Bucks, que agora ocupa a 8ª posição. Desta forma, se a competição acabasse hoje, os nova-iorquinos não iriam aos playoffs.

O filho de chineses Jeremy Lin, que teve partidas com alto aproveitamento tanto em pontos como em assistências, vive agora altos e baixos. O jogador, apontado como sensação da liga norte-americana e responsável pela "Linsanity" fez 15 pontos e oito assistências na partida contra o Bulls. Agora, é questionado pela imprensa norte-americana como um dos responsáveis pela queda de rendimento do Knicks.

"Estou começando a me acostumar a ser o alvo e ter diversas pessoas tentando tirar aquilo que me deixa confortável. Eu tenho que ter certeza que me manterei agressivo e não mudarei em nada o meu jogo. Eu posso tomar decisões melhores, mas não posso mudar a minha abordagem", disse aos jornais do país depois de uma das derrotas do Knicks.

AP
Duelo entre astros Lin e Rose terminou melhor para a estrela do Bulls

A partida contra o Chicago Bulls foi equilibrada do início ao fim, com a equipe anfitriã entrando no último período com apenas um ponto na frente. Na parcial final, o Bulls foi melhor e sacramentou a vitória até com relativa tranquilidade.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O destaque da equipe foi o armador Derrick Rose, que marcou 32 pontos, deu sete assistências e pegou seis rebotes. Os alas Carlos Boozer e Taj Gibson contribuíram com 15 pontos cada um, sendo que o segundo deles completou o double-double com 13 rebotes. Pelo Knicks, o ala Carmelo Anthony foi o cestinha ao anotar 21 pontos.

Celtics vence duelo equilibrado com Clippers

Reuters
Paul Pierce voltou a ser o nome da vitória do Celtics
Após ser derrotado pelo rival Lakers, o Boston Celtics buscou redenção diante do outro time de Los Angeles: o Clippers. Em uma partida decidida apenas nos últimos minutos, a franquia de Massachusetts venceu fora de casa na noite desta segunda-feira por 94 a 85.

Mesmo fora de seus domínios, o Celtics (22 vitórias e 19 derrotas) abriram quatro pontos no primeiro período, levando o troco dos Clippers (23 vitórias e 17 derrotas) na parcial seguinte.

Os visitantes voltaram do intervalo com tudo e viraram, entrando no último período com um ponto na frente. O início do quarto final foi disputado ponto a ponto, mas por fim os Celtics retomaram a dianteira e passaram a abrir.

O cestinha da equipe foi o ala Paul Pierce, que marcou 25 pontos, quatro mais que o também ala Kevin Garnett. O armador Rajon Rondo, por sua vez, chegou ao double-double de 12 pontos e 10 assistências. Pelos Clippers, o ala Blake Griffin anotou 24 pontos e pegou nove rebotes, enquanto o armador Chris Paul contribuiu com 14 pontos e cinco assistências.

*com EFE e agências internacionais

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG