Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Chicago bate Charlotte e carimba passaporte aos playoffs

Com defesa forte no último período, Bulls conquista quarta vitória consecutiva. Em Toronto, Jazz leva a melhor sobre o Raptors

iG São Paulo |

O Chicago Bulls segue em alta na temporada. Nesta quarta-feira, conquistou fora de casa a quarta vitória consecutiva ao bater o Charlotte Bobcats por 101 a 84. Com o resultado, garantiu matematicamente presença nos playoffs.

Mas nem tudo acabou bem para o Bulls nesta noite. Isso porque Carlos Boozer sofreu uma falta dura de Kwame Brown durante o último quarto. O ala-pivô acabou machucando a perna esquerda, deixou a quadra e nem sequer teve condições de arremessar os dois lances livres apóis a falta.

Getty Images
Derrick Rose em ação pelo Bulls
O armador Derrick Rose e o ala reserva Kyle Korver comandaram o triunfo do Chicago ao anotarem 20 pontos cada um. Rose ainda distribuiu seis assistências, pegou quatro rebotes e deu três tocos. Já Joakim Noah alcançou um “double-double”: foram 12 pontos e 13 rebotes para o pivô.

O ala-armador Gerald Henderson foi quem mais se destacou pelo Charlotte ao somar 20 pontos e oito assistências. O pivô Kwame Brown marcou 11 pontos e apanhou 11 rebotes. Mas o desempenho da dupla não foi o bastante para evitar a sexta derrota seguida da equipe da Carolina do Norte.

Não foi desta vez que o Charlotte contou com o retorno do ala-armador Stephen Jackson. A equipe teve que atuar mais uma vez sem o seu principal jogador, que ainda se recupera de uma lesão no tendão da perna esquerda.

Apesar do desfalque de Jackson e do ala-pivô Tyrus Thomas, contundido no joelho esquerdo, o Bobcats jogou em condições de igualdade com o Bulls no começo. Terminou o primeiro quarto perdendo por três pontos (27 a 24), mas pontuou em todas as suas oito primeiras posses de bola do segundo período e virou. Abriu sete pontos de frente (41 a 34) com pouco mais de sete minutos para o intervalo.

No entanto, dois reservas do Chicago apareceram muito bem e recolocaram a equipe na liderança. Um deles foi o ala-pivô Taj Gibson, que se aproveitou do excesso de faltas do titular Carlos Boozer nos minutos iniciais e marcou dez pontos na primeira metade. O outro foi Kyle Korver, novamente preciso nos chutes de longe. E foi um dos seus arremessos certeiros que fez a equipe ir para os vestiários vencendo por 52 a 49.

Depois de sustentar a liderança no terceiro quarto, o Bulls disparou no último período, graças ao ótimo desempenho dos seus jogadores na tábua defensiva. Ao permitir apenas 15 pontos do rival durante os 12 minutos finais, abriu distância confortável e venceu tranquilamente.

Utah bate Toronto

Outro visitante que se deu bem nesta quarta-feira foi o Utah Jazz, que foi ao Canadá e venceu o Toronto Raptors por 96 a 94. O brasileiro Leandrinho Barbosa teve desempenho discreto: marcou sete pontos e pegou dois rebotes em 22 minutos de ação.

O principal destaque da equipe canadense, que perdeu pela terceira vez seguida, foi o ala-armador DeMar DeRozan, com 17 pontos e oito rebotes. Já o armador espanhol Jose Calderon apareceu com 14 pontos e seis assistências.

O grande responsável por fazer o Utah sair de quadra com a vitória foi o pivô Al Jefferson, dono de 34 pontos e oito rebotes. Os armadores Devin Harris e C.J. Miles contribuíram com 23 pontos cada um.

Leia tudo sobre: chicago bullsnbacharlotte bobcats

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG