Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Chicago amplia mau momento do Miami Heat na temporada

Jogando em casa e com show de Derrick Rose, Bulls venceu o time da Flórida que agora amarga três derrotas consecutivas

iG São Paulo |

O Miami Heat perdeu mais uma. Ainda sem poder contar com o astro LeBron James afastado por conta de uma lesão, a equipe da Flórida foi superada fora de casa pelo Chicago Bulls por 99 a 96 na noite deste sábado.

Agora, o Heat amarga três derrotas consecutivas na temporada. A equipe chegou a ocupar a primeira posição da Conferência Leste durante a semana. No entanto, os resultados negativos fizeram o time da Flórida voltar para o segundo lugar e já ver o Chicago no retrovisor. O Bulls soma 27 vitórias em 40 jogos. Já o Miami tem 30 triunfos em 42 possíveis.

Para vencer, o Bulls contou com outra ótima atuação de Derrick Rose, o jovem armador brilhou, especialmente no período final. Foram 34 pontos na partida, 11 deles nos 12 minutos finais.

Pelo Heat, o principal destaque foi Dwyane Wade. O jogador liderou a equipe em pontos (33), rebotes (seis) e assistências (quatro).

O jogo

AP
Derrick Rose briga pelo rebote observado por Carlos Boozer e Ilgauskas
A partida começou equilibrada no United Center. Mesmo com apenas aproveitamento de 38% de acerto no ataque, o Heat não deixou o Chicago liderar o placar com folga na primeira metade do período.

Sem LeBron James e com o jogo concentrado em Wade e Bosh (12 dos 19 arremessos do Miami foram da dupla), o Heat não conseguiu melhorar o seu desempenho ofensivo. Pior, a equipe viu o Bulls chegar a 50% de acerto para ampliar o domínio na parcial e colocar a diferença entre as equipes em nove pontos (28 a 19).

Apesar do equilíbrio no começo do segundo período, o Bulls estabeleceu uma boa vantagem na casa de dez pontos. No entanto, nos últimos cinco minutos o Chicago anotou apenas cinco e viu o Heat virar o placar. Com os reservas e Wade em quadra, o Miami foi para o intervalo com 53 a 48.

O bom momento do Miami no final do primeiro tempo ficou nos vestiários. A equipe simplesmente não anotou nenhum ponto durante os cinco primeiros minutos do terceiro quarto. Com 18 pontos seguidos, o Bulls virou o placar.

Após ficar novamente atrás no placar com dois dígitos de diferença, o Miami voltou a se recuperar ainda no terceiro quarto. O Heat encerrou a parcial apenas três atrás (70 a 73).

O período final foi equilibrado e com poucos pontos. Wade anotou 11 pelo Heat, mas viu Derrick Rose somar 11 também pelo Bulls que chegou ao minuto final com dois de vantagem (98 a 96). Nos últimos segundos, o Miami não conseguiu aproveitar seus ataques e acabou derrotado novamente.
 

Leia tudo sobre: Derrick RoseChicago BullsDwyane Wade

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG