Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

CBB faz homenagem aos medalhistas olímpicos de 1960

Feito histórico para o basquete masculino do Brasil completou 50 anos e ex-jogadores já confirmaram presença no evento

Agência Estado |

A Confederação Brasileira de Basquete (CBB) prepara uma homenagem para a seleção que conquistou a medalha de bronze na Olimpíada de Roma, em 1960. Em razão dos 50 anos do feito histórico para o basquete masculino do Brasil, o evento acontecerá na próxima quarta-feira, em São Paulo.

Segundo a CBB, os ex-jogadores Amaury Pasos, Antonio Salvador Sucar, Carlos Domingos Massoni (Mosquito), Edson Bispo dos Santos, Jatyr Eduardo Schall, Moysés Blas, Waldyr Geraldo Boccardo e Wlamir Marques já confirmaram presença no evento. Além disso, Odete de Souza, esposa do Rosa Branca, e Aníbal de Azevedo, filho do Algodão, também estarão na homenagem - os dois já morreram.

O resultado nos Jogos de Roma, há 50 anos, foi o melhor da história do basquete masculino brasileiro em Olimpíada, junto com as outras duas medalhas de bronze conquistadas em Londres/1948 e Tóquio/1964. Naquela edição de 1960, a seleção brasileira somou vitórias sobre Porto Rico, União Soviética, México, Itália, Polônia e Tchecoslováquia, mas perdeu depois para União Soviética e EUA.

Leia tudo sobre: olimpíadas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG