Tamanho do texto

Brasileiro, pivô da franquia de Cleveland, no entanto, não deverá passar por cirurgia no pulso

selo

O Cleveland Cavaliers confirmou que o brasileiro Anderson Varejão vai ficar um mês afastado das quadras por conta de uma fratura no punho direito, mas não precisará ser operado. O jogador sofreu a lesão no dia 10 de fevereiro, durante a derrota por 113 a 112 para o Milwaukee Bucks .

Leia também: Varejão crê em medalha e se esquiva sobre questão Leandrinho-Nenê

Byron Scott, técnico do Cavaliers, explicou que Varejão vai precisar de um período entre quatro e seis semanas para se recuperar. De acordo com o treinador, por enquanto, o jogador brasileiro não tem necessidade de realizar cirurgia para ter condições de voltar a atuar.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Titular do Cavaliers, Varejão vinha fazendo boa temporada, com médias de 11,5 rebotes e 10,8 pontos por partida. Na última partida, contra o Indiana Pacers, o brasileiro foi substituído por Semih Erden, que anotou 18 pontos. Nesta sexta-feira, a sua equipe recebe o Miami Heat , em mais um duelo com o astro LeBron James .

Leia mais sobre basquete no blog do Fábio Sormani

Esta é a segunda temporada em que Varejão sofre uma lesão grave. No ano passado, o brasileiro disputou apenas 31 partidas antes de sofrer uma contusão no tendão do tornozelo direito que o afastou do restante da temporada. Ele está na NBA e no Cleveland desde 2004.

    Leia tudo sobre: nba