Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Caja Laboral sofre nova derrota e vê Barcelona avançar à final

Equipe de Marcelinho Huertas perde em casa e está eliminada da Liga ACB. Armador brasileiro teve oito pontos e cinco assistências

iG São Paulo |

O Caja Laboral, equipe onde atua o armador brasileiro Marcelinho Huertas, está eliminado da Liga ACB. Nesta quarta-feira, foi derrotado dentro de casa pelo Barcelona pelo placar de 71 a 61 e acabou perdendo a série semifinal da competição espanhola com três derrotas em três jogos.

EFE
Marcelinho Huertas tenta bandeja
Huertas teve atuação discreta. O armador marcou oito pontos, deu cinco assistências e pegou três rebotes, mas cometeu quatro desperdícios de posse de bola. O principal destaque do Caja Laboral foi o ala Fernando San Emeterio, com 14 pontos e seis rebotes.

Quem comandou a vitória do Barcelona foi o armador Juan Carlos Navarro, dono de 13 pontos e cinco rebotes. O ala norte-americano Alan Anderson e o pivô sérvio Kosta Perovic contribuíram com 12 e dez pontos, respectivamente.

Com o resultado conquistado nesta quarta, o Barcelona chega à final da Liga ACB pelo quinto ano consecutivo. Na outra série semifinal, o Bilbao vai vencendo o Real Madrid por 2 a 1 e precisa de apenas mais uma vitória para se garantir na decisão.

O jogo

Houve muito equilíbrio entre os times durante os minutos iniciais. Com bom rendimento nos arremessos, Navarro comandou o ataque do Barcelona. Mas o Caja Laboral contou com o bósnio Mirza Teletovic, que também teve sucesso em suas investidas. As bolas de longa distância convertidas por Ricky Rubio e Erazem Lorbek fizeram com que os visitantes encerrassem o primeiro quarto vencendo por 20 a 16.

O Barcelona manteve o bom momento no princípio do período seguinte e chegou a abrir 28 a 20 depois de uma cesta de três de Jaka Lakovic. Os oito pontos de distância representavam o melhor momento da equipe catalã no jogo. Foi quando San Emeterio resolveu aparecer. O ala não tinha anotado nem um ponto sequer até então, mas começou a acertar arremessos.

Assim, o Caja Laboral reagiu e diminuiu o prejuízo pela metade, tendo ido aos vestiários perdendo por quatro pontos: 35 a 31. Mas o time da casa não conseguiu manter o bom ritmo no retorno do intervalo.

Ao marcar os seis primeiros pontos da segunda metade, o Barcelona rapidamente abriu vantagem de dois dígitos. Os mandantes lutaram bastante para tentar reverter a situação e se aproximaram de forma ameaçadora restando cinco minutos para o fim. Foi quando Pau Ribas fez uma cesta e deixou os locais a dois pontos do empate: 55 a 53.

A partida caminhava para os minutos finais completamente indefinida. Mas o Barcelona mostrou força nos momentos decisivos e levou a melhor. A equipe anotou todos os sete últimos pontos do confronto e conquistou a vitória.

Leia tudo sobre: marcelinho huertascaja laboral

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG