Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Caja Laboral busca substitutos para Marcelinho Huertas

Diante do interesse do Barcelona no armador brasileiro, equipe de Vitoria trabalha com a possibilidade de perder o atleta

iG São Paulo |

A notícia de que Marcelinho Huertas encabeça a lista de reforços do Barcelona para a próxima temporada fez com que o seu atual time, o Caja Laboral, se movimentasse. Segundo o site do jornal “Marca”, a equipe de Vitoria já está em busca de substitutos para o jogador brasileiro.

O primeiro reforço do Caja Laboral para a temporada 2011/12 foi o armador francês Thomas Heurtel, que estava no Meridiano Alicante (16º colocado da Liga ACB). No entanto, a direção busca um jogador mais experiente para assumir o grande espaço na rotação que seria deixado por Huertas.

O mercado, porém, não oferece boas opções para o time. Ainda de acordo com o “Marca”, a maioria dos principais armadores do basquete europeu possuem contratos em vigência e altas multas rescisórias, inviabilizando a contratação.

Sabendo da situação, o Caja Laboral teria oferecido uma proposta de renovação para Huertas por duas temporadas. O atleta receberia um aumento de 20% em seu salário atual e a multa para retirá-lo da equipe seria elevada para € 3 milhões (R$ 6,6 milhões). Mas a imprensa espanhola afirma que ele não tem interesse na oferta e já conversa com outros times.

O Barcelona quer a contratação do brasileiro para preencher a lacuna deixada pela saída de dois dos principais armadores do elenco: o jovem Ricky Rubio e o experiente Jaka Lakovic. Antes, o clube falhou na tentativa de assinar com dois atletas do Olympiacos – o grego Vassilis Spanoulis e o sérvio Milos Teodosic.

Huertas foi considerado o melhor armador da última temporada da Liga ACB e teve a maior média de assistências da competição (5,88 por partida). Além disso, marcou 9,7 pontos por jogo.

Leia tudo sobre: Caja LaboralBarcelonaMarcelinho HuertasLiga ACB

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG