Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Briga pelos rebotes pode ser decisiva na final da NBA

Time que levou a melhor na estatística nos dois primeiros jogos da decisão acabou com a vitória

iG São Paulo |

Getty Images
Shawn Marion pega rebote contra Miami
A briga dentro do garrafão pode ser decisiva para a definição do campeão da NBA nesta temporada. Nos dois primeiros jogos da final entre Dallas Mavericks e Miami Heat, a equipe que conseguiu pegar mais rebotes fechou a partida com o resultado positivo.

Na abertura da final desta temporada, o Miami conseguiu pegar 46 rebotes, 16 deles na quadra de ataque. O Dallas conseguiu apenas 30 e somente seis ofensivos. Com o desempenho, o Heat venceu por 92 a 84.

No segundo confronto, o Dallas deu o troco . O time texano melhorou na defesa e permitiu apenas seis rebotes de ataque ao Miami e 30 no total. O Mavericks conseguiu pegar 41, sendo 11 deles na quadra ofensiva para vencer por 95 a 93 e empatar a série em 1 a 1.

A máxima pode ser aplicada também aos dois jogos entre as equipes na temporada regular. Nos dois encontros da fase de classificação, o Dallas venceu a briga pelos rebotes (46 a 43 e 48 a 44) e comemorou a vitória nas duas partidas.

O jogador com trabalho mais efetivo nos rebotes nas finais é Dirk Nowitzki. O alemão pegou 19 nos dois primeiros jogos da série. Shawn Marion é outro atleta do Dallas com bom desempenho. Foram 18 rebotes. Com 17, Chris Bosh e LeBron James são os líderes do Miami.

O terceiro jogo da série que define o campeão da temporada acontece neste domingo às 21h de Brasília. Com a disputa empatada em 1 a 1, o Mavericks recebe o Heat para a primeira das três partidas em Dallas.
 

Leia tudo sobre: Dallas MavericksDirk NowitzkiMiami HeatLeBron James

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG