Treinador do Celtics foi companheiro do atual dirigente do Hawks por oito temporadas em Atlata e fez brincadeiras com o amigo

O treinador Doc Rivers, do Boston Celtics, fez brincadeiras com a briga de Dominique Wilkins, vice-presidente do Atlanta Hawks, quando este enfrentou o Orlando Magic na quinta-feira.

Getty Images
Dominique Wilkins, ex-jogador do Atlanta
Wilkins é ídolo do Hawks, onde jogou por onze anos. Na quinta-feira, ele comentava o jogo do time por uma rede de televisão local. Após a partida, um torcedor se aproximou do ex-jogador, quando começaram a trocar socos.

Após e briga, o torcedor foi identificado como Rashan Michel, um ex-árbitro da NBA. Este alegava que Wilkins lhe devia US$ 12,5 mil em processos.

Companheiro de Wilkins por oito anos, Rivers não perdeu a chance de fazer brincadeiras com o amigo. "Eu vou 'zoá-lo' para sempre!", afirmou Rivers. "É óbvio que o episódio foi lamentável, mas, agora que já aconteceu e todos estão bem, vou brincar com ele. É ótimo, com o Nique, quando se tem liberdade, é sensacional. E eu tenho essa liberdade".

Em uma filmagem da briga , se pôde ver Wilkins acertando, ao menos, dois socos no rosto de Michel. Uma foto policial divulgada posteriormente mostrou um grande corte abaixo do olho esquerdo do ex-árbitro.

"Eu falei com ele na quinta-feira que estou planejando contratá-lo como meu segurança", disse Rivers. "Eu não fazia idéia de que ele tinha essas habilidades. Fiquei bastante impressionado, liguei para ele. Você sabe como o Nique é, ele disse que não queria fazer nada e que tinha dado só um soco. Depois vi as imagens e pensei, 'Espere um pouco!'".

Wilkins disputou 15 temporadas na NBA. Suas médias são de 24,8 pontos e 6,7 assistências. Ele levou o Hawks a nove participações nos playoffs. Ele foi introduzido no Hall da Fama do basquete em 2006.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.