Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Brasília supera Franca dentro de casa e é bicampeão nacional

Com defesa eficiente e domínio nos rebotes, equipe da capital federal conquista terceira vitória na série e comemora título do NBB

iG São Paulo |

Brasília sagrou-se campeão da temporada 2010/11 do NBB nesta terça-feira. Apoiado pelos 18 mil torcedores que lotaram o ginásio Nilson Nelson, a equipe do Distrito Federal aplicou uma forte defesa sobre Franca na primeira metade, abriu vantagem no marcador e manteve-se à frente durante o restante da partida. Com a vitória por 77 a 68, conquistou o segundo título nacional consecutivo.

AE
Brasília faz festa após o término do jogo. Equipe é campeã do NBB com vitória sobre Franca
Guilherme Giovannoni marcou 17 pontos e pegou nove rebotes. A atuação acabou por corar a ótima temporada do ala-pivô do Brasília, eleito ao final do jogo o melhor jogador da temporada. O ala Arthur Belchor teve 15 pontos e cinco rebotes. O armador Nezinho dos Santos também teve boa participação no triunfo ao somar 12 pontos, cinco rebotes e cinco assistências.

O principal anotador de Franca foi Vitor Benite. Mesmo bem marcado por Alex Garcia, o jovem ala-armador 16 pontos. O pivô William Drudi apareceu com 14 pontos e três rebotes. Já o armador Helinho Garcia contabilizou 12 pontos, três rebotes e três assistências.

Os rebotes fizeram a diferença em favor de Brasília. A equipe pegou 41 – 16 a mais do que Franca, que apanhou somente 25.

O jogo

Franca parece ter sentido a pressão das arquibancadas no início da partida. A equipe precipitava a posse de bola no ataque e errava bastante, ao passo que a defesa não conseguia conter as investidas do adversário. Melhor para o Brasília, que soube aproveitar a situação e abriu 10 a 3 no placar.

O técnico Hélio Rubens pediu tempo para tentar ajustar o time, mas a conversa pouco adiantou. Os mandantes mantiveram a vantagem de sete pontos e encerram o primeiro quarto ganhando por 19 a 12.

O sistema ofensivo dos francanos teve um desempenho ainda pior no segundo período. Com aproveitamento de apenas 33% nos arremessos, produziu somente nove pontos. Desta maneira, o time da casa conseguiu estender a superioridade para 11 pontos: 32 a 21. A distância no marcador poderia ter ficado ainda mais dilatada caso os mandantes também não tivessem errado bastante no ataque.

Disposto a se manter vivo na luta pelo título, Franca voltou dos vestiários com o ataque muito mais eficiente, que pouco lembrava o desempenho da primeira metade. Mas sempre que o time ameaçava se aproximar de forma perigosa no placar, os brasilienses respondiam de maneira imediata e esfriavam a reação do rival.

A diferença de dois dígitos em favor dos mandantes permanecia no placar na medida que o jogo se aproximava do fim. Nos minutos finais, Franca ainda conseguiu se aproximar, mas nada que ameaçasse a vitória do Brasília. A torcida que lotou o Nilson Nelson esperou a sirene soar para comemorar o bicampeonato da equipe.

Leia tudo sobre: nbb

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG