Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Brasília perde na prorrogação em jogo da Liga das Américas

Equipe foi superada pelo Regatas Corrientes neste sábado, mas garante classificação com uma vitória sobre o Quimsa no domingo

iG São Paulo |

Em partida válida pela segunda rodada do Grupo F da Liga das Américas, disputada na cidade argentina de Corrientes, Brasília caiu diante do time local. Os atuais campeões brasileiros perderam na prorrogação para o Regatas Corrientes neste sábado por 93 a 92, mas garantem classificação à próxima fase com uma vitória na última rodada.

Nezinho dos Santos foi a grande figura do Brasília na partida: o armador foi o cestinha do jogo com 28 pontos e ainda distribuiu sete assistências. O ala-pivô Guilherme Giovannoni também foi bem e contribuiu com 18 pontos e 11 rebotes. Mas a boa atuação da dupla não foi suficiente para dar a vitória à equipe brasiliense.

O ala norte-americano Carl Edwards marcou 22 pontos para o Regatas Corrientes. O ala-pivô Tyler Field, também natural dos EUA, somou 17 pontos e 13 rebotes. Outro jogador que registrou um “double-double” foi o armador Javier Martinez: 13 pontos e dez assistências.

Aproveitando o fato de jogar em casa, os argentinos se impuseram em quadra durante a primeira metade da partida. Com uma defesa bastante competente, limitaram Brasília a apenas 33 pontos ao longo dos dois primeiros períodos e foram para o intervalo com vantagem de uma dezena (43 a 33).

No retorno dos vestiários, quem demonstrou força defensiva foi o time brasileiro, que sofreu apenas 12 pontos durante o terceiro quarto e conseguiu empatar o jogo em 55 pontos no último lance do período, após uma cesta do ala Arthur Silva.

Fiba Americas/Divulgação
Ramzee Stanton, camisa 11 do Regatas, chuta
Brasília começou com tudo a última parcial e chegou a abrir oito pontos (65 a 57) depois de uma cesta de três do ala Alex Garcia, com pouco mais de seis minutos para o encerramento da partida. No entanto, o Regatas reagiu e igualou o marcador em 75 pontos depois de uma bandeja de Edwards, quando restavam apenas três segundos no relógio, levando a disputa para a prorrogação.

Durante a prorrogação, o time da casa esteve no comando das ações na maior parte do tempo. Os brasileiros perdiam por sete pontos (91 a 84) quando faltavam apenas 40 segundos para o desfecho do confronto. Mas o time engatou uma reação incrível e conseguiu algo que parecia muito pouco provável: empatou a partida em 92 pontos a três segundos do fim, graças a uma cesta de longa distância de Nezinho.

Mas o Regatas chegou à vitória após a arbitragem marcar uma falta de Nezinho sobre Javier Martinez no último segundo, justamente no ato do arremesso. O atleta acertou apenas um dos seus lances livres, o suficiente para garantir o segundo triunfo da equipe argentina nesta fase.

O Brasília volta a jogar já neste domingo, às 21h. O adversário será o também argentino Quimsa, que perdeu os dois jogos que realizou até o momento. Uma vitória garante os campeões brasileiros no “Final Four” da Liga das Américas – que será disputado entre os dias 4 e 6 de março.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG