Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Brasília derrota Obras Sanitarias e embola grupo da Interligas

Armador Nezinho Santos brilha na reta final, faz 32 pontos e time brasileiro conquista virada sobre equipe argentina

iG São Paulo |

O Brasília mostrou força e conseguiu um importante resultado pelo Torneio Interligas. Mesmo jogando na Argentina, o time brasileiro conseguiu uma virada nos segundos finais e venceu o Obras Sanitarias por 79 a 76 na noite deste sábado, conquistando sua primeira vitória na competição

Com grande atuação de Nezinho Santos, o Brasília embolou o grupo que tem sede na Argentina e reúne, além dos envolvidos na partida deste sábado, o Flamengo e o Peñarol. Os 32 pontos do armador deram ao time brasiliense o primeiro triunfo na competição e a liderança compartilhada com os rivais argentinos. Apenas o time carioca ainda não venceu.

Outro que teve boa atuação foi o armador ala-armador Alex Garcia. O jogador ficou perto de um "double-double" ao anotar 18 pontos e pegar nove rebotes. No entanto, foram os sete pontos de Nezinho nos dois minutos finais que viraram o jogo.

Agora o Brasília tem apenas mais um duelo para fazer no torneio. O atual campeão do NBB encara o Flamengo e em caso de vitória fica com uma das vagas.

A nota triste do jogo ficou por conta da ausência do ala-pivô Guilherne Giovannoni. O jogador do Brasília não participou do duelo deste sábado, pois teve que voltar às pressas para o Brasil. A mulher do atleta estava grávida e perdeu o bebê. Giovannoni recebeu autorização para deixar a delegação.

O jogo

O Brasília fez um bom primeiro tempo. Mesmo jogando na Argentina, o time brasileiro equilibrou as ações diante do Obras Sanitárias. Após ter vencido o primeiro quarto por 21 a 19, a equipe brasiliense acabou superada por 25 a 22 no segundo período e foi para o intervalo em desvantagem de um ponto (44 a 43) apesar dos 14 pontos de Alex e dos 13 de Nezinho.

Após passar boa parte do terceiro quarto atrás no placar, o Brasília melhorou na defesa e conseguiu a virada quando faltavam três minutos para o final do período. No entanto, o time argentino se recuperou e conseguiu retomar o controle do marcador. Com o empate em 14 pontos, o jogo entrou nos últimos dez minutos com o Obras Sanitarias em vantagem: 58 a 57.

O quarto decisivo de jogo começou bastante equilibrado com as equipes trocando ataques. No entanto, os argentinos conseguiram permanecer sempre no comando do placar. O duelo chegou aos dois minutos finais com o Brasília em desvantagem de três pontos: 72 a 69.

Após ficar quatro pontos atrás, o Brasília reduziu a desvantagem para apenas um ponto através de uma cesta de três do ala Arthur Belchor. Faltando 13 segundos para o final, Nezinho anotou mais dois e virou a partida.

O time argentino teria a última bola, mas acabou cometendo um erro e teve que fazer falta com a finalidade de congelar o relógio. Nezinho aproveitou dois lances livres e ampliou a vantagem para três. William McFarlan ainda tentou o empate para a equipe argentina em um tiro de longa distância que não teve sucesso.
 

Leia tudo sobre: NBBInterligas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG