Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Boston vence Philadelphia no sufoco e mantém invencibilidade

Celtics estendeu sua série invicta para 14 jogos ao bater em casa o Sixers; Utah e New Orleans também ganharam

iG São Paulo |

Ninguém consegue segurar o Boston Celtics. Nesta quarta-feira, a equipe venceu dentro de casa o Philadelphia 76ers por 84 a 80 e conquistou a sua 14ª vitória consecutiva.

 

Ray Allen foi o cestinha do jogo com 22 pontos e comandou o Boston ao triunfo. O veterano ala-armador ainda deu seis assistências e pegou quatro rebotes. Outro veterano, o pivô Shaquille O’Neal, também teve grande parcela de responsabilidade no resultado positivo dos mandantes: fez 13 pontos e ficou a um passo do “double-double” ao apanhar nove rebotes.

O Philadelphia contou com uma boa apresentação do ala-pivô Elton Brand, que somou 16 pontos e 12 rebotes. Em compensação, seu principal jogador, o ala Andre Iguodala, esteve bastante apagado: errou nove dos seus 11 arremessos e apareceu com apenas nove pontos.

A dificuldade que o Celtics encontrou para despachar uma das equipes de pior campanha da Conferência Leste é justificada no baixo desempenho que a equipe teve nos arremessos, tendo convertido apenas 38,8% dos seus tiros.

AP
Kevin Garnett e Glen Davis tentam bloquear arremesso de Andre Iguodala
Os visitantes demonstraram desde o início do jogo que estavam dispostos a endurecer ao máximo a partida contra o líder do Leste. E graças ao ótimo desempenho no segundo quarto, quando limitaram o Boston a apenas 15 pontos, foram para o intervalo vencendo por 44 a 38.

O Celtics parece ter acordado nos vestiários e passou à frente no terceiro quarto, mas não conseguiu se distanciar de maneira confortável. Assim, o confronto seguiu para os minutos finais completamente indefinido.

O Sixers perdia por dois pontos (82 a 80) quando restavam 15 segundos para o fim. Iguodala partiu para a bandeja que empataria o jogo, mas foi bloqueado por Kevin Garnett. A bola ficou nas mãos do Boston e Ray Allen cobrou dois lances livres para definir a partida.

Utah vence de virada

O Utah Jazz chegou a ficar 15 pontos atrás no marcador durante a visita que fez nesta quarta-feira ao Minnesota Timberwolves. Mas conseguiu virar o jogo no último quarto e conquistou a vitória por 112 a 107.

Deron Williams comandou o triunfo do time de Salt Lake City ao marcar 25 pontos, dar sete assistências e pegar sete rebotes. A dupla de garrafão também foi muito bem: Paul Millsap fez 23 pontos e coletou 11 rebotes, enquanto Al Jefferson teve os mesmos 23 pontos e apanhou nove rebotes.

Kevin Love teve mais uma excelente atuação. O ala-pivô do Minnesota somou 25 pontos e 19 rebotes. Contou ainda com a ajuda do ala Michael Beasley, dono de 24 pontos e dez rebotes. Mas a dupla não evitou a sétima derrota seguida do Timberwolves.

Okafor leva o New Orleans à vitória

O New Orleans Hornets recebeu o New Jersey Nets no seu ginásio e levou a melhor por 105 a 91. O pivô Emeka Okafor teve 21 pontos e dez rebotes e foi o grande responsável pela vitória da equipe. O armador Chris Paul também atingiu “double-double”: marcou 12 pontos e deu 14 assistências.

Pelo New Jersey, quem mais se destacou foi o armador Devin Harris, que acumulou 21 pontos e oito assistências. Já o pivô Brook Lopez apareceu com 16 pontos e quatro rebotes.

Leia tudo sobre: Boston CelticsPhiladelphia 76ersNBA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG