Depois de abrir 25 pontos no placar, Celtics permite virada no último quarto. No entanto, retoma controle do jogo no fim e vence

Depois de ter perdido seus dois últimos compromissos, o Boston Celtics se reencontrou com a vitória neste domingo. Jogando fora de casa, teve bastante dificuldade para despachar o Minnesota Timberwolves. Mas no final das contas, acabou vencendo por 85 a 82.

O resultado mantém o Boston Celtics na vice-liderança da Conferência Leste. Possui as mesmas 51 vitórias que o Miami Heat, terceiro colocado. Mas sofreu 21 derrotas, uma a menos que o rival da Flórida.

O ala Paul Pierce e o ala-pivô Kevin Garnett foram os condutores da vitória do Boston. Pierce fez 23 pontos e pegou sete rebotes, apesar de ter desperdiçado seis posses de bola. Já Garnett alcançou o “double-double”: 13 pontos e 13 rebotes. O pivô Nenad Krstic e o ala-armador Ray Allen contribuíram com 11 pontos cada um.

O Minnesota ainda não pôde contar com o ala-pivô Kevin Love, que segue lesionado. O principal atleta da equipe nesta noite foi o ala Michael Beasley, dono de 28 pontos e dez rebotes. O também ala Anthony Tolliver saiu do banco e teve ótima produção: anotou 16 pontos e apanhou 15 rebotes.

O ritmo alucinante imposto no princípio da disputa sugeria uma vitória tranquila do Boston. Amplamente superior nos dois lados da quadra, a equipe visitante venceu o primeiro quarto por 32 a 13. E ao anotar os seis primeiros pontos do período seguinte, chegou a abrir vantagem de 25 pontos sobre o oponente (38 a 13).

O ataque do Timberwolves, que havia produzido muito pouco até então, se acertou a partir daí e começou a pontuar com mais frequência. Os tiros certeiros de longa distância de Martell Webster e Anthony Tolliver na reta final da primeira metade fizeram com que os mandantes cortassem a desvantagem para 13 pontos (47 a 34) no intervalo.

Motivado, o Minnesota continuou se aproximando do rival na segunda metade, fazendo com que a liderança do Boston ficasse cada vez menos elástica. Até que restando oito minutos para o final da partida, o pivô sérvio Darko Milicic fez uma bandeja e permitiu que o time da casa passasse à frente (70 a 68) pela primeira vez na noite.

Os times se alternaram algumas vezes na liderança do marcador nos minutos seguintes. Mas o Celtics foi melhor nos momentos decisivos, apagou a reação do oponente e conseguiu sair de quadra com a vitória, evitando aquela que seria a terceira derrota consecutiva.

Tentando se manter no caminho das vitórias, o Boston continua na estrada e enfrenta o Indiana Pacers já nesta segunda-feira. O Minnesota, por sua vez, só volta a jogar na quarta-feira, quando receberá a visita do Chicago Bulls.

    Leia tudo sobre: nba
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.