Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Bill Russell receberá de Obama a maior honraria civil dos EUA

Lendário ex-jogador do Boston Celtics será premiado pelos serviços prestados à comunidade norte-americana

Bruno Pongas, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860510335&_c_=MiGComponente_C

O presidente norte-americano, Barack Obama, anunciou na tarde de quarta-feira (dia 17) que irá premiar o ex-jogador Bill Russell, do Boston Celtics, com a maior honra civil dos EUA.

Russell receberá a Medalha Presidencial da Liberdade, prêmio que também será concedido a personalidades como o ex-presidente George W. Bush, a chanceler Angela Merkel, da Alemanha, e o violoncelista Yo-Yo Ma. Bill, no entanto, será o primeiro jogador de basquete a receber tal homenagem.

Hoje aos 76 anos, Russell pode se vangloriar de ter feito uma das carreiras mais brilhantes dentro da NBA. Pivô de jogo refinado, ele ganhou 11 títulos em 13 temporadas disputadas (todas elas com a camisa do Celtics), sendo eleito MVP (melhor jogador) em cinco oportunidades.

NBA Photo
O ex-camisa 6 do Boston Celtics é lembrado até hoje como um dos melhores da história

Ao longo dessas 13 temporadas, Russell disputou 963 partidas e marcou 14.522 pontos, uma média de 15,1 por jogo. O que mais impressiona, no entanto, é sua incrível média de rebotes: 22,5 por noite. Vale lembrar que ele mede "apenas" 2,08. O astro também se destacava como um bom passador: tinha média de 4,3 assistências. Bill foi o primeiro negro a se tornar uma grande estrela na NBA.

Junto ao selecionado norte-americano, o jogador participou das Olimpíadas de 1956, em Melbourne, e foi o cestinha da equipe com média de 14,1 pontos por jogo. Naquela oportunidade, os EUA bateram a extinta URSS na final pelo placar de 89 a 55 e levaram a medalha de ouro para casa.

A disputa dos Jogos Olímpicos australianos fez com que Russell demorasse a se apresentar ao Boston Celtics para aquela que seria sua primeira temporada como profissional. Ele participou de 48 dos 72 combates da fase regular e registrou médias de 14,7 pontos e 19,6 rebotes. Naquele ano (1956/57), o Celtics conquistou seu primeiro título na NBA.

Na época seguinte, a franquia voltou à final da liga, mas foi derrotada pelo St. Louis Hawks. Esse foi o último revés decisivo do Boston Celtics, que venceria na sequência nada mais nada menos do que oito campeonatos ¿ todos eles capitaneados pelo mestre Bill Russell.

Getty Images
Russell entrega o prêmio de MVP das finais a Kobe Bryant

Antes e depois
Antes de debutar na NBA, Bill Russell ganhou dois títulos universitários pela San Francisco University. Em três temporadas na Califórnia, ele somou médias de 20,3 pontos e 20,3 rebotes por jogo.

Fora das quadras, o lendário jogador também foi o primeiro negro a se tornar técnico. Como comandante do Boston Celtics, Russell ganhou dois títulos (1967/68 e 1968/69). Depois de se aventurar como treinador em Massachusetts, Bill tentou a sorte no Seattle Supersonics e no Sacramento Kings, mas ambas as passagens foram pouco notadas.

Em 1996, o ex-pivô foi eleito para o seleto grupo dos 50 maiores jogadores da NBA de todos os tempos. Em 2009, o prêmio de MVP da liga foi batizado com o nome de Bill Russell - com certeza a honra máxima na carreira de um esportista.

Militância
Além de sua notável presença dentro das quatro linhas, Bill Russell também se destacou como ativista pelos direitos civis nos EUA e no mundo. O pivô chegou a discursar ao lado de Martin Luther King Jr. em favor de mais direitos aos negros no país.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG