Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Bilbao vence Real Madrid, faz 3 a 1 na série e está na final

Donos da casa fazem corrida de 14 a 2 no último quarto e fecham a partida em 80 a 72. Barcelona será o adversário na decisão

iG São Paulo |

Contando com o apoio de sua fanática torcida, o Bilbao venceu o Real Madrid por 80 a 72 e se classificou para a decisão da Liga ACB, o campeonato espanhol. Terá pela frente o Barcelona, que eliminou o Caja Laboral do brasileiro Marcelinho Huertas .

O Bilbao vencia a série por 2 a 1 e precisava de mais uma vitória para fechar o confronto decisivo. Por conta disso, todos os 8.682 assentos de seu acanhado ginásio foram vendidos. Mas o barulho da torcida dava a impressão de os dois times estarem jogando em uma arena com capacidade para 20 mil pessoas.

Empurrado pelos fãs, “Os Homens de Negro” (“The Man in Black”, parodiando o filme) não negaram fogo. O apelido é fruto da cor do uniforme do Bilbao.

O armador Aaron Jackson foi o destaque dos anfitriões. O norte-americano anotou 17 pontos e pegou seis rebotes. Foi o cestinha da partida ao lado do pivô croata Ante Tomic, do Real Madrid, que fisgou igual número de rebotes.

Ainda pelo Bilbao, o ala espanhol Álex Mumbrú colaborou com 15 pontos e o ala croata Marko Branic anotou mais 12.

Do lado do Madrid, o armador espanhol Sergio Llul marcou 13 pontos e com 12 apareceu o pivô norte-americano D’or Fisher.

O jogo

O primeiro tempo foi muito equilibrado. As duas equipes brigaram ponto a ponto pela liderança no marcador. O primeiro quarto terminou com vantagem madrilenha: 20 a 19.

No segundo quarto, houve uma batalha de lances livres, pois os dois times atingiram o limite das quatro faltas rapidamente. O Madrid chegou a abrir uma vantagem de 39 a 32 a dois minutos do final, mas os donos da casa reduziram esses sete para três pontos e foram para o vestiário atrás em 41 a 38.

Com apenas três minutos de bola pingando no terceiro quarto, o Bilbao passou à frente no marcador com uma corrida de 10 a 3, liderada pelo pivô grego Dimitrios Mavroeidis, que anotou seis desta dezena de pontos. O placar chegou em 48 a 44 para os donos da casa.

Aí foi a vez de os merengues darem as caras. Nova corrida, agora em 11 a 6, colocou o Real na frente em apenas um ponto 55 a 54. Este foi o placar ao final do terceiro quarto.

Os dez últimos minutos pertenceram ao Bilbao e foram emocionantes. O Madrid chegou a abrir uma vantagem de 70 a 66 na metade do último quarto, mas uma corrida de 14 a 2 dos anfitriões, comandada por Jackson, levou o Bilbao à vitória e à decisão do título contra o Barcelona.
 

Leia tudo sobre: Aaron JacksonSergio LlulAnte TomicÁlex Mumbrú

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG