Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Bauru vence Pinheiros fora de casa em jogo de dois tempos-extras

Time do interior paulista chegou à segunda vitória no NBB e acabou com a invencibilidade da equipe da capital

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860280400&_c_=MiGComponente_C

O Bauru visitou o Pinheiros neste domingo (14) e acabou com a invencibilidade do adversário no NBB. O time do interior paulista ganhou por 97 a 95 após dois tempos-extras e conquistou a sua segunda vitória no torneio.

O ala Fischer anotou 25 pontos e comandou a vitória do Bauru. Dois jogadores registraram double-doublee contribuíram bastante com o resultado: o armador Larry Taylor teve 12 pontos, 13 rebotes e ainda deu sete assistências; enquanto Pilar somou 11 pontos e 11 rebotes.

O Pinheiros teve o cestinha do confronto: o ala-pivô Olivinha, que marcou 28 pontos e ainda pegou 17 rebotes. Além dele, dois outros atletas atingiram duplo dígito em pontos e em rebotes: Fiorotto (22 e 12) e Marquinhos (18 e 10).

Divulgação
Derrota em casa para o Bauru foi a primeira do Pinheiros

O equilíbrio marcou a partida desde os minutos iniciais. Olivinha anotou 16 dos 24 pontos dos mandantes no primeiro quarto e ajudou o time da capital a chegar a abrir uma discreta liderança no encerramento do período. Mas o Bauru seguiu na cola do oponente, graças ao bom aproveitamento nos arremessos de média e longa distância. O placar no intervalo apontava apenas um ponto de superioridade em favor do Pinheiros: 39 a 38.

A igualdade foi mantida durante toda a segunda metade. O terceiro quarto terminou com as duas equipes empatadas em 59 pontos. No período final, a situação não mudou: sempre que uma equipe ameaçava abrir distância um pouco mais confortável, a resposta do outro lado vinha de forma imediata.

Os dois times tinham 80 pontos nos segundos finais, e o Pinheiros teve a chance da vitória. Mas a bandeja do armador Figueroa não caiu na última posse de bola do jogo. Olivinha ainda pegou o rebote ofensivo, mas também não conseguiu encestar. O empate foi mantido e a partida encaminhou-se para a prorrogação.

O equilíbrio da partida era tanto que apenas um tempo-extra não foi suficiente para definir o vencedor. Os times empataram em 89 pontos e disputaram mais uma prorrogação. Restando sete segundos para o fim, Fischer sofreu uma falta e foi para a linha do lance livre. Ele acertou o primeiro, colocando o Bauru em vantagem de dois pontos (97 a 95). Mas errou o segundo.

O rebote ficou com o Pinheiros, que rapidamente ligou o contra-ataque, na tentativa de empatar mais uma vez e levar o jogo à terceira prorrogação. Porém, o norte-americano Shanell não conseguiu fazer a cesta após uma bandeja. Fiorotto ainda tentou um tapinha, mas também não teve sucesso.

Foi a primeira derrota do time da capital no NBB, depois de ter vencido seus dois primeiros confrontos. Já o Bauru conquistou a segunda vitória em dois jogos realizados.

Rodada

Além da vitória do Bauru sobre o Pinheiros, outros três jogos foram realizados neste domingo. Também na capital paulista, o Paulistano venceu o Assis por 83 a 77. Em Belo Horizonte, o Minas bateu o Vitória por 92 a 78. E em Limeira, o time local foi superado pelo Joinville por 86 a 72.

Leia tudo sobre: basquete - nbb

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG