Marcelinho Huertas tem boa atuação, mas não evita segunda derrota consecutiva na semifinal da Liga ACB

Huertas tenta a marcação sobre Víctor Sada
EFE
Huertas tenta a marcação sobre Víctor Sada
O Barcelona deu um grande passo para chegar à final do Campeonato Espanhol. Jogando em casa, a equipe catalã venceu novamente o Caja Laboral do armador brasileiro Marcelinho Huertas, desta vez por 78 a 62. Com o resultado, os anfitriões abriram 2 a 0 na série.

O Barcelona contou com ótima atuação coletiva. Todos os 13 jogadores que estiveram em quadra anotaram pontos. Entre eles, o destaque foi o norte-americano Alan Anderson. O ala-armador foi o cestinha da equipe com 12 pontos. No entanto, o principal pontuador da partida foi Mirza Teletovic do Caja Laboral.

Huertas teve boa atuação. O armador brasileiro anotou nove pontos e deu seis assistências. No entanto, o jogador "sumiu" da partida no terceiro e quarto períodos quando ficou boa parte no banco de reservas pelo excesso de faltas.

Agora, o Caja Laboral está em desvantagem de 2 a 0 na série. O terceiro jogo acontece na próxima quarta-feira. Desta vez, o time de Huertas jogará como mandante pela primeira vez na melhor de cinco. Se o Barcelona vencer, já garante vaga na final.

O jogo

O jogo começou bastante equilibrado. Barcelona e Caja Laboral se alternaram no comando do placar durante todo o primeiro quarto. Foram oito trocas de liderança no período. Com boa atuação de Huertas que marcou cinco pontos e deu duas assistências, os visitantes fecharam os dez minutos iniciais em vantagem: 19 a 18.

O Caja Laboral não começou bem o segundo quarto. Sem marcar pontos nos quatro primeiros minutos, a equipe de Huertas permitiu a virada aos donos da casa. Com seis pontos seguidos, o Barcelona tomou o controle do placar.

Mirza Teletovic apareceu para reequilibrar as ações. O bósnio marcou sete pontos seguidos em pouco mais de um minuto colocou o Caja Laboral novamente em vantagem. No entanto, os visitantes voltaram a errar. Com Huertas no banco por conta do excesso de faltas, o Barcelona aproveitou para abrir nove de vantagem antes de fechar o primeiro tempo com 37 a 29.

As duas equipes voltaram para o segundo tempo com bom aproveitamento de ataque. Melhor para o Barcelona que conseguiu manter o conforto no placar. No entanto, a defesa mais agressiva do Caja Laboral impediu o time catalão de pontuar por três minutos. Com isso, a diferença entre as equipes caiu para apenas dois (49 a 47).

O Barcelona começou os dez minutos finais com quatro pontos de vantagem. Logo no começo do quarto o time catalão fez a diferença subir para oito. Errando muito no ataque, o Caja Laboral viu a desvantagem chegar a dez pontos pela primeira fez quando faltavam quatro minutos para o final da partida.

A arrancada foi determinante. Sem reação, o Caja Laboral seguiu forçando ataques. Aproveitando bem o tempo nas posses de bola, o Barcelona conseguiu aumentar a vantagem. A diferença chegou a 19 e o time catalão chegou o jogo com tranquilidade.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.