Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Aumento de público pode evitar que Hornets deixe Nova Orleans

Média elevada de audiência do New Orleans em janeiro deixa a franquia com mais chances de ficar na cidade

Gabriel Fuhrmann, iG São Paulo |

O New Orleans Hornets deu um grande passo neste mês de janeiro para se manter em Nova Orleans. O aumento de público nos jogos da equipe evita uma rescisão contratual com o ginásio aonde a franquia manda seus jogos.

O acordo feito pra o uso da arena vai até 2014, mas diz que se a média de público for menor do que 14.735 pessoas por dois anos seguidos, a franquia tem o direito encerrar o contrato.

Nos sete jogos na New Orleans Arena, em janeiro, a média foi de 15.262.

O público aumentou após a eliminação do New Orleans Saints, equipe de futebol americano da cidade, dos playoffs da NFL no dia oito de janeiro. Coincidentemente, desde a data, o Hornets emplacou uma série de oito vitórias consecutivas, que ainda mantém. Os últimos três jogos em casa tiveram públicos maiores do que 17 mil pessoas.

“Existe lista de espera para comprar ingressos para os jogos do Saints. Isso mostra que a cidade esta disposta a apoiar as equipes esportivas nos bons e maus momentos”, disse Bobby Jindal, governador do estado da Louisiana, onde fica Nova Orleans. “O que a NBA quer é ver os empresários da cidade dando suporte para o time de basquete, para que ele fique em Nova Orleans”.

undefined
Cheerleader em jogo do New Orleans Hornets
Apesar do grande número torcedores nos jogos, o futuro da franquia ainda é incerto. A NBA comprou a equipe por US$ 300 milhões no inicio da temporada.

O ideal para a liga é achar um comprador que mantenha o time na cidade, mas não está sendo fácil. Além disso, executivos comentam que nenhuma negociação deve ser feita até o novo acordo salarial com os atletas ser firmado. O atual expira no dia um de julho e as conversas entre proprietários e jogadores não têm mostrado qualquer evolução.

O Hornets mudou para Nova Orleans em 2002, depois de deixar Charlotte. A franquia ficou na cidade até 2005, quando o furacão Katrina devastou o local e então o time deslocou-se para Oklahoma City. O Hornets voltou para Nova Orleans em 2007.

“Quando voltamos após a tempestade, conversamos bastante para sabermos as nossas prioridades e inclusive a importância do time de basquete para a comunidade. Estou feliz que haja este esforço pela modalidade”, disse Hugh Weber, presidente da franquia. “Todos concordamos que é um trunfo, um tesouro para a comunidade ter um time como o Hornets e mantê-lo na cidade por um bom tempo”.


 

Leia tudo sobre: New Orleans HornetsNBA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG