Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Atlanta perde do Philadelphia e segue em má fase

Hawks sofre quarta derrota em cinco jogos. Nets e Pacers batem Cavaliers e bobcats, respectivamente

iG São Paulo |

O Atlanta Hawks segue em má fase. Nesta quarta-feira, foi batido fora de casa pelo Philadelphia 76ers por 105 a 100. Com o resultado, a equipe chega a quatro derrotas nos últimos cinco jogos que disputou.

Getty Images
Sixers se consolida na sexta posição do Leste
O ala Josh Smith foi o cestinha da noite com 33 pontos e ainda apanhou 12 rebotes. Já o armador Kirk Hinrich anotou 16 pontos e distribuiu oito assistências. Mas o bom desempenho da dupla não foi suficiente para levar a equipe visitante à vitória.

Sete jogadores do Philadelphia pontuaram em duplo dígito. O principal deles foi o armador reserva Louis Williams, com 17 pontos. Os alas Andre Iguodala e Thaddeus Young fizeram 16 pontos cada. Outro destaque do time local foi o ala-pivô Elton Brand, que registrou um “double-double”: 13 pontos e 11 rebotes.

Os dois times mostraram forças equivalentes durante o primeiro quarto. Em momento algum uma das equipes conseguiu uma vantagem maior que quatro pontos. O Philadelphia manteve em quadra, por todo o primeiro período, seu quinteto titular. Isso ajudou o time a se desprender no minuto final e terminar o quarto com a pequena vantagem de 30 a 28.

A maioria dos titulares de ambas as equipes foi poupada por seus treinadores na primeira metade do segundo quarto. Mas na reta final, Josh Smith fez a diferença em favor do Hawks: com suas infiltrações, cavou três faltas, somando nove pontos no período – cinco nos lances livres. Thadeus Young trouxe o Sixers de volta ao jogo no minuto final, diminuindo o prejuízo na ida aos vestiários. O placar do primeiro tempo foi de 59 a 53 para os visitantes.

O Atlanta seguiu no comando durante todo o terceiro período. Mas o Philadelphia anotou todos os 11 pontos iniciais do último quarto e virou o jogo (85 a 80). A equipe visitante parece ter sentido o golpe, pois não conseguiu mais voltar a ameaçar o triunfo do rival durante os minutos restantes do confronto.

A busca por reabilitação do Atlanta Hawks terá sequência no sábado, quando receberá a visita do New Jersey Nets. Já o Philadelphia encara o Miami Heat fora de casa na sexta-feira.

Indiana bate Charlotte e segue firme rumo aos playoffs

O Indiana Pacers não teve dificuldades para conquistar a vitória na noite desta quarta-feira, apesar de atuar fora de casa. Venceu o Charlotte Bobcats com propriedade por 111 a 88 e abriu distância ainda maior sobre o rival na briga pela oitava posição da Conferência Leste.

Esta foi a 32ª vitória do Indiana, que sofreu 40 derrotas na temporada. Com esta campanha, ocupa a última vaga na zona de classificação aos playoffs do Leste. Já o Charlotte, que tem desempenho de 28 vitórias e 42 derrotas, fica mais longe da fase de mata-mata.

O principal responsável pelo triunfo do Pacers nesta noite foi o ala Danny Granger, com 33 pontos e cinco rebotes. Outro atleta que apareceu bem pelos visitantes foi o pivô Roy Hibbert, que somou 13 pontos e 14 rebotes.

Pelo Charlotte, o armador D.J. Augustin fez 17 pontos e deu quatro assistências. Mas a principal figura foi o pivô Kwame Brown, dono de 16 pontos e nove rebotes.

Na prorrogação, Nets bate Cleveland fora de casa

Sem Deron Williams, o New Jersey Nets passou aperto contra o lanterna da liga, Cleveland Cavaliers. A equipe visitante precisou da prorrogação para vencer por 98 a 84 e interromper a sequência de quatro derrotas seguidas. Cleveland segue sua via ápia e acumula 57 derrotas em 70 partidas.

A liderança da partida trocou de mãos várias vezes durante o jogo. Mesmo sem contar com seu principal jogador, o armador Baron Davis, o Cavs conseguiu chegar nos segundos finais do quarto quarto com a liderança, mas Brook Lopez, com uma jogada individual no garrafão, pegou o próprio rebote e empatou o jogo. New Jersey conseguiu controlar a posse de bola na prorrogação e venceu o jogo na linha do lance livre, fazendo 11 de seus 16 pontos neste fundamento.

O cestinha do jogo foi o armador Ramon Sessions, com 21 pontos e oito rebotes. Seu companheiro J.J. Hickson teve um "double-double", com 17 pontos e 17 rebotes. Pelo Nets, Brook Lopez, Sasha Vujacic e Kris Humphries tiveram 18 pontos cada, este último ainda pegando incríveis 23 rebotes.

Na sexta-feira, o Nets visita o Orlando Magic, enquanto o Cavaliers recebe o rival de divisão Detroit Pistons.

Leia tudo sobre: nba76ershawkspacersbobcatsnetscavaliers

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG