Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Atlanta passa por Detroit e vence a quinta partida consecutiva

Vitória sobre o Pistons manteve o Hawks com 100% de aproveitamento; Phialdelphia arrasa Indiana e ganha a primeira

iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861858545&_c_=MiGComponente_C

O Atlanta Hawks segue com campanha perfeita na temporada 2010/11. Nesta quarta-feira, bateu em casa, por 94 a 85, o Detroit Pistons, que ainda não venceu no campeonato.

Com 22 pontos e 11 rebotes, o ala Josh Smith foi o destaque da partida. Quem também contribuiu bastante com a vitória do Atlanta foi o pivô Al Horford, dono de 18 pontos e oito rebotes.

AP
Com ótima apresentação de Josh Smith, Atlanta segue invicto

O armador Ben Gordon bem que tentou evitar o quinto revés consecutivo do Detroit. Anotou 22 pontos, pegou quatro rebotes e deu quatro assistências. Foi ajudado também pelos 17 pontos e cinco rebotes do ala Tayshaun Prince. Mas não foi o bastante.

O resultado estava indefinido quando a partida se aproximava do fim. Uma cesta de Tracy McGrady, a três minutos e meio do encerramento do confronto, deixou o Pistons a um ponto do empate (84 a 83). O problema é que parece ter faltado energia para os visitantes na reta final, pois o Atlanta marcou dez dos 12 últimos pontos da partida, o que acabou decidindo o jogo.

Philadelphia ganha a primeira

AP
Ala-pivô Elton Brand foi bastante importante para o primeiro triunfo do Philadelphia

Se o Detroit segue sem saber o que é vencer na temporada, o mesmo não pode mais ser dito pelo Philadelphia 76ers. O time recebeu o Indiana Pacers nesta noite e, de forma tranquila, venceu pela primeira vez: 101 a 75.

O ala-pivô Elton Brand teve 25 pontos e 12 rebotes, liderando o triunfo do Philadelphia. Além dele, outros cinco atletas pontuaram em duplo dígito: os armadores Louis Williams (11) e Jrue Holiday (11), o ala-armador Evan Turner (12) e os alas Andre Iguodala (11) e Thaddeus Young (16).

O Indiana não teve boa atuação no ataque. O time acertou somente 31,5% dos seus arremessos e teve no armador Darren Collison a sua principal figura: 11 pontos e quatro rebotes.

O jogo foi definido ainda no primeiro tempo. O Sixers limitou o oponente a apenas 31 pontos ao longo dos dois primeiros quartos e tinha vantagem de 26 pontos no intervalo. A margem de superioridade foi mantida pelos mandantes na segunda metade.

Leia tudo sobre: basquete - nba

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG