Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Atlanta bate Indiana e conquista quarta vitória seguida

Hawks contou com boa atuação de Josh Smith. Milwaukee vence New Jersey e Charlotte aumentou série negativa do Washington

João Henrique Olegario, IG São Paulo |

O Atlanta Hawks deu seguimento ao seu bom momento na temporada. Jogando em casa, a equipe bateu o Indiana Pacers por 108 a 93 e conseguiu o quarto triunfo consecutivo no campeonato.

Com o triunfo, o Atlanta segue com tranquilidade na quinta colocação da Conferência Leste. A equipe agora soma 25 vitórias em 39 jogos na temporada. Já o Pacers passou a ver a sua oitava colocação ameaçada pelo Milwaukee Bucks. O time de Indiana tem 14 triunfos em 34 partidas.

Josh Smith foi o principal nome da vitória do Hawks. O jogador fechou a partida com 27 pontos e dez rebotes. Com 14 pontos e dez rebotes, Al Horford também colaborou com um "double-double".

Pelo Lado do Pacers Danny Granger foi o cestinha. O jogador anotou 16 pontos, mas não evitou a terceira derrota seguida de sua equipe.

O jogo

AP
MIke Bibby tenta disputa a posse de bola com Darren Colison do Indiana Pacers
A partida começou equilibrada em Atlanta. As duas equipes apresentaram bom aproveitamento ofensivo na primeira metade do quarto inicial. O Hawks converteu 61% de suas ações ofensivas. Já o Pacers chegou 52% de acerto até o primeiro pedido de tempo quando o placar estava empatado em 13.

O pedido de tempo solicitado por Larry Drew, treinador do Atlanta, deu resultado. Os donos da casa elevaram o seu aproveitamento ofensivo para 64%. A defesa do Hawks também conseguiu controlar melhor o jogo do Pacers. Com isso, os visitantes terminaram o período em desvantagem de cinco pontos (29 a 24).

O Hawks não conseguiu manter o aproveitamento do primeiro quarto. O rendimento do time de Atlanta caiu para 46%. No entanto, a queda não foi suficiente para dar o Indiana o controle do jogo. As ações seguiram equilibradas. Com a igualdade da parcial (26 a 26), os donos da casa mantiveram a vantagem de cinco pontos e fora para o intervalo com 55 a 50 no placar.

O Hawks voltou a conseguiu uma boa produção ofensiva na volta do intervalo. O time de Atlanta anotou 29 pontos e dominou o Pacers na terceira parcial. Com 12 pontos de Mike Bibby, a equipe venceu a parcial por 11 pontos e entrou no período final com 16 de vantagem.

O Pacers ameaçou uma reação no começo do quarto período. Contudo, com o equilíbrio da parcial, o Hawks apenas controlou a vantagem para se manter à frente até o final.

 


Bucks vence Nets e quebra série negativa

Mesmo jogando fora de casa, o Milwaukee Bucks não tomou conhecimento do New Jersey Nets. Sem contar com o pivô australiano Andrew Bogut que não pôde atuar por conta de uma virose, a equipe venceu por 115 a 92.

Com o triunfo, o Bucks encerrou uma série de três derrotas. A equipe alcançou sua décima quarta vitória no campeonato. O resultado deixou o time de Milwaukee apenas meio jogo atrás do Indiana na briga pela oitava posição (zona de classificação para os playoffs).

A partida teve ótimas atuações dos reservas de ambos os lados. Os suplentes do Bucks anotaram 47 pontos. Já os jogadores do banco do Nets contribuíram com 52.

A chave para a vitória do Bucks foi o aproveitamento no ataque. Foram 58% de chances convertidas contra apenas 45% do Nets.

Com 22 pontos e 13 rebotes, Ersan Iliasova foi o grande nome do jogo pelo Milwaukee. Com 20 pontos e dez assistências, Jordan Farmar foi o melhor para o Nets.


Wizards perde mais uma fora de casa

A má fase do Washington Wizards longe da capital norte-americana continua. Atuando em Charlotte, a equipe foi derrotada pelo Bobcats por 104 a 89.

Foi décima oitava derrota seguida na temporada do Wizards quando atua como visitante. A equipe é a única da NBA que ainda não venceu quando joga fora de casa.

A boa atuação do novato John Wall não foi o suficiente para impedir a derrota do Wizards. O jovem armador somou 16 pontos e distribuiu 11 assistências, mas viu sua equipe perder a 26ª na temporada.

Já o Bobcats conseguiu sua segunda vitória consecutiva. O bom resultado veio através das boas atuações de Stephen Jackson (21 pontos e dez rebotes), Boris Diaw (11 pontos e dez rebotes) e D.J. Augustin (20 pontos e nove assistências). Outra chave para o triunfo foram as bolas de três pontos. Foram seis em 12 tentativas.
 

Leia tudo sobre: Atlanta Hawks

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG