Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Astros do Heat tentam superar derrota contra o Bulls

LeBron James e Dwyane Wade buscam melhorar atuações depois de derrota por 21 pontos de diferença no primeiro jogo da série final

iG São Paulo |

Nesta segunda-feira, o Miami Heat voltou aos treinamentos após a derrota de 103 a 82 contra o Chicago Bulls pela primeira partida das finais da Conferência Leste. Para os astros da equipe, o momento é de superar o insucesso no jogo do último domingo.

O ala-armador Dwyane Wade já parece ter absorvido a derrota. Brincando com Zaire, seu filho de nove anos, o atleta ouviu o garoto gritar “Gibson” após fazer uma cesta, fazendo referência ao ala-pivô do Bulls, que conseguiu uma enterrada marcado pelo pai no primeiro jogo da série. Ao invés de ficar nervoso, Wade apenas deu risada.

“Este é o momento quando você sabe que pode seguir em frente, quando dá risada da situação”, disse o jogador, que anotou 18 pontos em 17 arremessos tentados durante a partida.

O ala LeBron James também não teve uma boa atuação contra Chicago, limitado pela marcação de Luol Deng. O astro, escolha unânime para a seleção da temporada, fez 15 pontos tentando 15 arremessos e sabe que precisa fazer melhor. “Nós estaremos melhores”, falou, garantindo performances mais destacadas do elenco na sequência do confronto final.

Os números apontam que a torcida pode acreditar na promessa de James. Em nenhuma das 91 partidas que o Heat havia disputado na temporada 2010/11 os dois atletas anotaram menos do que 20 pontos, como aconteceu contra o Bulls.

Apenas em um jogo da campanha 2010/11 James e Wade combinaram para menos de oito lances livres cobrados (como no domingo passado): em uma vitória tranquila, por 20 pontos de diferença, contra o Sacramento Kings.

Como voltar a pontuar e cobrar lances livres com frequência? Wade acredita ter a resposta: “Temos que movimentar mais a bola, fazê-los se mover. Eu não acho que fizemos um bom trabalho movimentando a bola. Por isso que olhamos no cronômetro, faltam sete segundos para o fim da posse, e temos que recorrer à jogadas individuais que nunca funcionam”.

O Heat terá uma chance de recuperar-se dos erros do primeiro jogo na noite desta quarta-feira, quando o time volta a enfrentar o Bulls em Chicago pelas finais de conferência.

Leia tudo sobre: nbamiami heatchicago bullslebron jamesdwyane wade

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG