Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Apesar de punição de treinador, Stuckey quer ficar no Pistons

Cestinha do time na temporada, armador tem tido muitos problemas com o técnico John Kuester, mas não pensa em sair

iG São Paulo |

O periódico "The Detroit News" noticiou que o armador Rodney Stuckey, do Detroit Pistons, ficou no banco no jogo de domingo contra o Boston Celtics por insubordinação. O armador, porém, diz querer ficar em Detroit, apesar da punição.

Na derrota de sexta-feira para o Chicago Bulls em casa, o armador desobedeceu o treinador John Kuester e se negou a entrar em quadra no último quarto da partida. No jogo seguinte, contra Boston, Stuckey ficou no banco e não entrou em quadra por opção do técnico.

O jogador será agente livre restrito ao fim da temporada. Ou seja, o Pistons tem o direito de cobrir qualquer oferta feita pelo atleta. Quando perguntado se teria vontade de permanecer no time, ele disse que sim.

"Absolutamente", afirmou o atleta. "No fim do ano, tenho que me sentar com meu agente e fazer o que deve ser feito. Eu quero ficar aqui, estou muito confortável. Eu amo esta comunidade e ajudo muito por aqui".

Não foi o primeiro caso de punição de Kuester a Stuckey. No início da temporada, ele foi barrado por ignorar o técnico em um jogo em Atlanta. No mês passado, antes de um jogo contra o San Antonio Spurs, o problema se repetiu e o armador ficou no banco, jogando apenas 15 minutos naquela noite.

"Todos sabemos que coisas precisam mudar por aqui", disse Stuckey. "Para o ano que vem, espero que as coisas mudem. Não falo apenas por mim, mas pelos meus companheiros também. Tomara que as mudanças venham".

Perguntado sobre quais mudanças específicas pensava, o armador preferiu não citar. "Não vou entrar nisso", afirmou Stuckey. "Temos ainda seis jogos na temporada. Eu estarei lá para ajudar meus companheiros".

Stuckey é o cestinha do Pistons na temporada, com médias de 14,7 pontos por jogo. Ele também lidera o time em assistências, com média de 4,8 por jogo. Porém, seus números viram uma pequena queda em relação à temporada passada.

Leia tudo sobre: nbadetroit pistonsrodney stuckey

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG