Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Aos 39 anos, Shaquille O'Neal anuncia aposentadoria

Pivô deixa as quadras após 19 anos, com quatro títulos no currículo e boas médias de pontos e de rebotes

iG São Paulo |

nullApós 19 anos de carreira, o pivô Shaquille O'Neal anunciou nesta quarta-feira sua aposentadoria. O anúncio foi feito de forma simples e surpreendente, através do Twitter, com uma frase apenas: "Estou me aposentando".

O pivô de 39 anos também colocou no Twitter um vídeo em que se despediu dos fãs, sobretudo seus seguidores. "Conseguimos. Dezenove anos, baby. Quero agradecer muito a todos vocês. É por isso que quero contar a vocês em primeira mão que estou prestes a me aposentar. Amo vocês. Falamo-nos em breve".

Ao longo da carreira, Shaq conquistou quatro títulos da NBA, três pelo Los Angeles Lakers (2000, 2001 e 2002) e um pelo Miami Heat (2006). Embora tenha decaído nos últimos anos, aposenta-se com médias de respeito: 23,7 pontos e 10,9 rebotes por partida.

Anotou 28.596 pontos e ocupa o quinto lugar no ranking, atrás apenas de Kareem Abdul-Jabbar (38.387), Karl Malone (36.928), Michael Jordan (32.291) e Wilt Chamberlain (31.419).

Em 13 temporadas acabou com medias iguais ou superiores a 20 pontos e dez rebotes, feito que nenhum outro jogador conseguiu na história da NBA.

Foi eleito um dos 50 maiores jogadores da história da NBA, em 1997, quando a liga comemorou seu 50º aniversário de fundação. Com 25 anos, foi o mais jovem dos homenageados.

Estreou na NBA na temporada 1992/93 e foi escolhido “Rookie of the Year”; ou seja, o melhor novato da temporada. Seus prêmios não pararam por aí.

Ganhou o troféu de MVP da temporada regular em 1999/00 e repetiu o feito nas finais. Foi também o melhor jogador do “All-Star Game” daquele ano, tornando-se apenas o terceiro jogador na história da NBA a conquistar três troféus de MVP na mesma temporada. Conquistou dois outros MVPs das finais: em 2001 e 2002. Em “All-Star Games”, voltou a ser o MVP em 2004 e 2009.

Foi escolhido oito vezes para a seleção do campeonato, 15 vezes para o “All-Star Game”, atrás apenas de Kareem, selecionado em 19 oportunidades.

Com a seleção dos EUA, foi medalha de ouro no Mundial do Canadá (1994), quando também foi eleito o MVP do campeonato, e nos Jogos Olímpicos de Atlanta (1994).

Jogou 1.117 jogos na NBA. Venceu 751 e perdeu 366 (67,2%).

Colecionou não apenas títulos e prêmios em quase duas décadas na NBA. Acumulou, igualmente, uma série de apelidos, muitos deles ele próprio se apelidava. Entre os mais famosos estão Shaq, The Diesel, Shaq Fu, The Big Daddy, Superman, The Big Cactus, The Big Shaqtus, Wilt Chamberneezy, The Big Baryshnikov, Dr. Shaq (depois de ter feito MBA), The Big Leprechaun, e The Big Conductor (quando “regeu” a Boston Pops Orchestra).

 

 

Leia tudo sobre: shaquille onealnbalos angeles lakersmiami heat

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG