Experiente armador do Dallas Mavericks acredita que pode tirar proveito se o próximo campeonato tiver menos jogos

Jason Kidd organiza jogada do Dallas
Getty Images
Jason Kidd organiza jogada do Dallas
Não são todos os jogadores que acham ruim a possibilidade de jogar uma temporada reduzida. Aos 38 anos de idade, o experiente armador Jason Kidd acredita que pode tirar vantagem caso o locaute persista e atrapalhe a disputa do próximo campeonato da NBA .

O locaute está instalado na NBA e com ele uma série de indefinições no futuro da liga. Entre eles, até mesmo a disputa da próxima temporada. Sem um novo acordo coletivo de trabalho, o campeonato 2011/12 pode não acontecer ou ter um número menor de jogos.

Kidd, campeão com o Dallas Mavericks na temporada passada , não se importaria de jogar um campeonato mais curto. Considerando a fase de classificação e os playoffs, o atleta fez 101 partidas no último ano e tornou-se o armador mais velho da história a disputar uma final.

"Para mim é difícil dizer, pois eu já terei um verão mais curto", disse o armador em entrevista ao site norte-americano Sporting News quando perguntado se o locaute é um problema grave. "Como eu estou ficando mais velho, jogar apenas 50 jogos seria uma vantagem para mim".

Kidd já passou por uma experiência semelhante. Em 1998, o impasse na discussão salarial decretou o cancelamento dos jogos da pré-temporada. O novo acordo aconteceu apenas em janeiro de 1999 e o campeonato teve o número de jogos reduzidos de 82 para 50.

Apesar de considerar que o número menor de partidas pode ajudá-lo, Kidd ainda revelou que pensa em aposentadoria se o locaute persistir por muito tempo. O jogador chegou a dizer antes do final da última temporada que não iria se retirar do basquete neste momento.

Após a vitória sobre o Miami Heat na decisão do campeonato, Kidd completou sua décima sétima temporada e conquistou o título pela primeira vez. O armador é o segundo jogador que mais deu assistências na história da NBA. Foram 11.578.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.