Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Acordo com Deron Williams empolga treinador do Besiktas

Ergin Ataman torce por greve longa na NBA e diz que todos esperam ansiosos para ver o armador do New Jersey Nets em quadra

iG São Paulo |

O Besiktas, da Turquia, virou manchete nesta quinta-feira ao confirmar o acerto com o armador Deron Williams para o período de locaute da NBA . O atleta do New Jersey Nets é o primeiro grande astro da liga norte-americana a fechar um acordo para atuar na Europa enquanto a greve patronal não é resolvida.

Enquanto a maior parte dos EUA recebeu a notícia com estranhamento, o novo treinador do jogador, Ergin Ataman, está muito feliz com o reforço. “Nós estamos muito empolgados neste momento, todos os clubes e fãs de basquete turcos”, afirmou. “Estamos esperançosos que ele competirá aqui”.

Segundo o técnico, o processo para contratar Williams durou três semanas e envolveu diversas conversas com os agentes do atleta. O primeiro consultado foi seu representante na Europa, que encaminhou a proposta para os empresários dos EUA e, depois, para o armador.

O acordo entre as partes está prestes a ser oficializado e existe uma cláusula que garante a volta do jogador para o Nets quando a paralisação terminar. Por isso, é possível que o astro nem chegue a atuar pelo Besiktas. Mas Ataman mantém uma postura positiva.

“As pessoas nos EUA sentem que o locaute vai durar de seis a oito meses, então corremos o risco”, disse. “Estamos prontos. Se ele vier para cá e depois de um mês tudo terminar, ok. Ele pode jogar uma ou duas partidas conosco. Nós somos um time sério, conversando com um jogador sério e empresários sérios. Acho que tudo está bem claro nesta situação”.

A direção do Besiktas evita comentar sobre o salário que Williams receberá na temporada. No entanto, Chris Broussard, do site da ESPN, informa que seriam US$ 5 milhões (R$ 7,8 milhões). O treinador se limitou a dizer que não é o clube quem pagará os ordenados.

“Nós temos um patrocinador especial, em separado daqueles que apóiam o time”, explicou. “O presidente tem várias companhias e é um dos maiores industriários da Turquia, então ele vai decidir que empresas patrocinarão a contratação do jogador”.

Depois do acerto com Williams, Ataman planeja voos ainda mais altos ao comentar o interesse em Kobe Bryant : “Se, no período da greve, ele quiser jogar basquete em um dos maiores clubes da Europa, viver em uma das melhores cidades (Istanbul) e estar em quadra do lado de Deron, nós estamos prontos para negociar com ele”.

Leia tudo sobre: Deron WilliamsBesiktasNBAErgin AtamanNew Jersey Nets

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG