Pivô se recupera de cirurgia no joelho e diz ter recebido a notícia dos médicos do Celtics nos últimos dias, após manifestar a Rubén Magnano a intenção de defender a seleção

Vitor Faverani: pivô do Boston Celtics operou o joelho esquerdo em março
Getty Images
Vitor Faverani: pivô do Boston Celtics operou o joelho esquerdo em março

O pivô Vitor Faverani não estará à disposição da seleção brasileira para a disputa do Mundial de basquete, que acontece na Espanha entre os dias 30 de agosto e 14 de setembro. De acordo com o jogador, ele foi informado pelos médicos do Boston Celtics que não poderá entrar em quadra nos próximos meses para dar sequência à recuperação de uma cirurgia que passou no joelho esquerdo.

Leia mais sobre basquete no blog Triple-Double

"Recebi a notícia nos últimos dias de que estou terminantemente proibido pelos médicos do Boston Celtics de jogar por causa do meu joelho", disse Faverani ao iG Esporte . "Não posso jogar nem o Mundial, nem mesmo a Summer League (torneio entre times da NBA que acontece no meio do ano reunindo jogadores nos primeiros anos de carreira e atletas sem contrato). Tudo para seguir minha recuperação", completou o pivô brasileiro. 

Faverani rompeu o menisco lateral do joelho esquerdo e foi operado no início de março. Pouco mais de um mês depois, ele recebeu a visita nos EUA de Rubén Magnano, técnico da seleção brasileira masculina de basquete. 

"Conversamos. Jantei com ele e falei do meu joelho, da minha recuperação e da minha intenção de me apresentar à seleção para o Mundial. Mas recebi essa notícia (dos médicos) do Celtics nos últimos dias", contou o jogador.

Em sua primeira temporada na NBA, Faverani participou de 37 partidas pelo Boston Celtics e foi titular em oito delas. Suas médias foram de 4,4 pontos e 3,5 rebotes em pouco mais de 13 minutos de ação por jogo.

    Leia tudo sobre: NBA
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.