Tamanho do texto

Em visita ao Brasil, astro do Los Angeles Lakers diz que povo deve mostrar opinião e pede para atacante 'ser ele mesmo'

Um dos principais astros da história da NBA, Kobe Bryant está de passagem pelo Brasil. Nesta sexta-feira, o ala-armador do Los Angeles Lakers participou da inauguração de uma loja em São Paulo. No sábado, estará em Salvador para assistir ao jogo da seleção brasileira pela Copa das Confederações . As manifestações que têm ocorrido pelo país não o assustam durante a visita. Pelo contrário.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Em sua primeira visita ao Brasil, Kobe Bryant passa por São Paulo antes de viajar à salvador para ver a seleção brasileira
SÉRGIO BARZAGHI/GAZETA PRESS
Em sua primeira visita ao Brasil, Kobe Bryant passa por São Paulo antes de viajar à salvador para ver a seleção brasileira

Veja ainda: Após encontrar Kobe Bryant, Oscar revela preocupação do fã ilustre com doença

"Não tive medo, nem fiquei apreensivo. É importante para as pessoas terem voz e serem ouvidas. Se você sente que sua opinião conta, você deve falar. Desde que faça isso de uma maneira segura. É importante fazer sua voz ser ouvida", declarou Kobe.

Confira ainda: Fãs de Kobe Bryant apostam em retorno em alto nível do astro após lesão

Com relação ao jogo da seleção brasileira neste sábado, a estrela da NBA não sabe para quem vai torcer. Isso porque do outro lado estará a Itália, país onde ele passou boa parte da infância acompanhando o pai, que jogou basquete na liga local.

E mais: "Seria muito demagógico da minha parte prometer medalha em 2016", diz Magnano

Kobe Bryant em visita à São Paulo nesta sexta-feira
Luís Araújo/iG
Kobe Bryant em visita à São Paulo nesta sexta-feira

Acostumado a ouvir comparações com grandes astros do passado da NBA, Kobe aconselhou deu um conselho a Neymar sobre esse tipo de situação.

Leia mais: Em noite memorável de LeBron James, Miami Heat é bicampeão da NBA

"Ele deve ser ele mesmo. É importante pra ele crescer e competir. Muitas vezes você vê jogadores que tem muitos compromissos e acabam perdendo o foco. Ele deve se manter focado, ter dedicação aos treinos e ao esporte", declarou Kobe.

Admirador do futebol desde os tempos em que morava na Itália, o ala-armador do Lakers não conseguirá ver em Salvador o seu jogador brasileiro favorito em ação: Ronaldinho Gaúcho, que acabou não sendo convocado pelo técnico Luiz Felipe Scolari.

"Ele é um fenômeno", disse Kobe sobre o meia do Atlético-MG. "A criatividade e a imaginação dele são incríveis."


    Leia tudo sobre: nba