Jason Kidd encerra carreira após 19 anos com ouro olímpico e título da NBA

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Dono de visão de jogo e espírito de liderança privilegiados, armador se tornou um dos melhores da história da liga e colecionou feitos marcantes

Getty Images
Jason Kidd em ação pelo New York Knicks, último time que defendeu na carreira

Aos 40 anos de idade, Jason Kidd anunciou a aposentadoria nesta segunda-feira. Após 19 temporadas, chega ao fim a carreira de um dos melhores armadores da história da NBA, dono de uma habilidade rara para enxergar o jogo e dar assistências, além do espírito de liderança e dos prêmios acumulados durante a trajetória como profissional.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Acho que é a hora certa", disse Kidd à ESPN norte-americana. "Foi uma jornada maravilhosa se você pensar que foram 19 anos. Eu quero estar bem fisicamente para fazer algumas atividades com os meus filhos. Isso pesou (na minha decisão). É hora de seguir em frente e pensar em talvez virar treinador ou então trabalhar como comentarista", completou.

Getty Images
Kidd foi campeão da NBA em Dallas

Ao longo destes 19 anos, Kidd teve médias de 12,6 pontos, 8,7 assistências e 6,3 rebotes por jogo. Fez parte de dez edições do "All-Star Game". Além disso, foi eleito para o quinteto ideal da NBA em cinco oportunidades e para o time de defesa da NBA em outras quatro. É o terceiro jogador da história da liga que mais registrou "triple-double": foram 107 vezes, número que o deixa atrás apenas de Oscar Robertson e Magic Johnson. Em assistências distribuídas, somou 12.091. Só John Stockton, com 15.806, o supera neste quesito.

Kidd defendeu quatro equipes na NBA. A primeira foi o Dallas Mavericks, onde ele foi eleito o melhor novato da liga em 1995 (prêmio que dividiu com o Grant Hill). Depois de passar pelo Phoenix Suns, chegou ao New Jersey Nets e levou o time à decisão em 2002 e em 2003, mas acabou sendo derrotado em ambas as oportunidades. Depois de bater na trave duas vezes, finalmente teve a chance de comemorar o título em 2011, quando já estava de volta ao Mavericks. No último campeonato da carreira, vestiu o uniforme do New York Knicks.

O título com o Mavericks em 2011 não foi o único de Kidd no basquete como profissional. Com a seleção norte-americana, conquistou a medalha de ouro duas vezes em Jogos Olímpicos. A primeira foi em 2000, em Sydney. A segunda, em Pequim, oito anos mais tarde.

Ao ser questionado sobre qual o acontecimento que mais se orgulha na carreira, Kidd respondeu: "O campeonato com o Mavericks e ouros olímpicos estão empatados em primeiro lugar. Abaixo disso, provavelmente está o prêmio de melhor novato que dividi com Grant Hill."

Leia tudo sobre: NBAJason Kidd

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas