Um ano após lesão, Bulls entra nos playoffs sem saber quando terá Rose

Por Luís Araújo - em Chicago (EUA) |

compartilhe

Tamanho do texto

Sem o armador, que ainda se recupera de cirurgia no joelho, time de Chicago teve a quinta melhor campanha da Conferência Leste na temporada regular da NBA

O Chicago Bulls não sabe o que é poder contar com seu principal jogador desde 28 de abril de 2012. Foi nesse dia, na partida que inaugurou a participação da equipe nos playoffs da NBA daquele ano, que o armador Derrick Rose rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo. Quase um ano se passou desde então e a situação não mudou. Após disputar toda a fase de classificação da temporada 2012/13 sem Rose, o Bulls entra nos playoffs deste ano ainda sem saber quando terá o astro novamente à disposição.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

AP
Derrick Rose vai ao chão após sentir a lesão no joelho, nos playoffs da temporada passada

A previsão inicial indicava o retorno após o "All-Star Game", realizado no último dia 17 de fevereiro. Apesar de já ter sido liberado pelos médicos do Bulls e de participar dos treinos e dos aquecimentos da equipe antes dos jogos, Rose afirmou que só vai voltar a jogar quando se sentir confiante o suficiente para fazer tudo o que fazia dentro de quadra antes da lesão.

A indefinição não incomoda Tom Thibodeau, comandante do time de Chicago. "É péssimo ver qualquer jogador caído em quadra por causa de alguma lesão grave, mas é preciso fazer a coisa certa", disse o treinador ao iG. "Cada jogador tem uma recuperação diferente. É importante darmos o tempo que ele julgar necessário para se sentir confortável para voltar", completou.

Veja também: NBA divulga tabela completa da primeira rodada dos playoffs

Sem Rose, o Bulls teve a quinta melhor campanha da Conferência Leste na fase de classificação, com 45 vitórias e 37 derrotas. A trajetória no campeonato inclui resultados expressivos sobre os dois melhores times do Leste nesta temporada. Contra o líder Miami Heat, atual campeão da NBA, foram duas vitórias em quatro jogos -- uma delas acabou com a série invicta da franquia da Flórida que durava 27 partidas. Diante do New York Knicks, vice-líder, venceu todos os quatro confrontos.

AP
Kirk Hinrich assumiu a condição de armador titular na ausência de Rose e está confiante no Bulls

"Quando jogamos bem, da maneira correta e no extremo nos dois lados da quadra, podemos ser competitivos", comentou o armador Kirk Hinrich, titular da armação do Bulls durante a ausência de Rose. "Nosso objetivo nos últimos jogos da temporada regular era acumular vitórias para terminar bem o campeonato e chegarmos aos playoffs com força."

Quem também apareceu para ajudar a preencher a lacuna na armação do Bulls durante a temporada foi Nate Robinson, que teve média de 13,1 pontos por jogo a partir do banco de reservas. "Ele é muito atlético, ajuda dos dois lados da quadra, tem uma habilidade inacreditável e é um pontuador incrível. Adoro jogar com Nate", disse Hinrich.

Na primeira fase dos playoffs, o Bulls terá pela frente o Brooklyn Nets, adversário que bateu três vezes nos quatro encontros da temporada regular. A série terá início neste sábado, e o time de Chicago segue sem saber se poderá contar com Rose em algum momento.

Leia também: Atuação histórica de Michael Jordan pelo Chicago Bulls é 'desmascarada'

"Nós não estamos pensando nisso", afirmou o ala-armador italiano Marco Belinelli. "Temos que entrar em quadra com os jogadores que temos à disposição e fazer nosso trabalho, jogando duro e coletivamente no ataque e na defesa, e nos divertirmos."

Belinelli é uma das caras novas do Bulls nesta temporada. Por isso, ainda não teve a oportunidade de atuar ao lado de Rose. Ao ser questionado sobre o quanto o time pode se fortalecer com uma possível volta do astro nos playoffs, o italiano preferiu evitar fazer qualquer tipo de prognóstico. "Ele é uma das superestrelas da liga. Nunca tive a chance de jogar com ele, mas sei o quanto ele é bom. Imagino que será incrível estar em quadra com Rose. Só que nós precisamos pensar em ganhar partidas com os jogadores que temos agora à disposição", declarou.

Leia tudo sobre: NBAChicago BullsDerrick RoseKirk Hinrich

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas