Batman com máscara do Darth Vader, ala do Bauru é bicampeão das enterradas

Por Luís Araújo - enviado iG a Brasília |

compartilhe

Tamanho do texto

Gui Deodato mistura personagens e dá rara amostra de criatividade na competição do Jogo das Estrelas do NBB

Futura Press
Gui Deodato enterra com capa do Batman e máscara do Darth Vader e leva o bi

Em 2012, Gui Deodato conquistou o concurso de enterradas do Jogo das Estrelas do NBB usando a capa do Batman. Nesta sexta-feira, na edição deste ano da competição, ele voltou a usar a fantasia, mas resolveu adicionar um outro item ao figurino: uma máscara de Darth Vader. Deu certo. O ala do Bauru foi quem mais agradou o público de Brasília e ficou com o bicampeonato.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Não treinei muito enterradas durante a temporada, preferi me concentrar em outros pontos mais importantes que preciso desenvolver no meu jogo, mas na parte teatral eu já pensava", disse Gui. "Pensei nas crianças que aparecem no ginásio, elas querem é ver isso. Vamos ver mais pra frente que nome vou dar para essa mistura aí e já imaginar o que fazer no ano que vem", completou.

Leia mais: Rivalidade faz jogadores deixarem 'brincadeira' de lado no Jogo das Estrelas

Gui venceu na final o jovem Danilo Fuzaro, ala-armador de 19 anos do Minas Tênis Clube. A mistura dos personagens foi uma das poucas amostras de criatividade exibidas no Ginásio Nilson Nelson - que estava longe da lotação máxima, coms setores superiores esvaziados. Os demais competidores pouco empolgaram o público. Isaac (Brasília), Jefferson Socas (Franca) e Holloway (Liga Sorocabana) não passaram da primeira fase.

O bicampeão do concurso de enterradas do NBB, é claro, buscou inspiração na NBA antes da competição. "São caras que estão tecnicamente e fisicamente um degrau acima da maioria de nós por aqui. Todos se inspiram neles. Eu também", respondeu o ala, antes de revelar que tem Michael Jordan e Vince Carter como autores de enterradas preferidos.

Gazeta Press
Gui faturou o bi no torneio de enterradas do NBB

Três pontos no desempate
O ala Matheus Dalla, do Limeira, e o ala-armador Matheus, do Basquete Cearense, demoraram para definir quem seria o campeão do Torneio de Três Pontos. Após dois empates na final, o ala acabou ficando com o título ao marcar 19 pontos dos 30 possíveis, contra apenas 13 do adversário.

Além da dupla finalista, participaram da competição outros quatro jogadores: Rossi (Brasília), Guto (Palmeiras), Bruno Irigoyen (Minas Tênis Clube) e Helinho (Uberlândia) - vencedor da última edição.

Tricampeão das habilidades
Pelo terceiro ano consecutivo, o Desafio de Habilidades teve Fernando Penna como vencedor. O armador do Pinheiros se classificou à final ao lado de Gustavinho, armador do Mogi das Cruzes. Na final, Penna levou a melhor ao completar o percurso em 23s04, vencendo com facilidade os 35s03 do rival.

Os dois deixaram para trás na primeira fase os outros seis competidores: Fúlvio (São José), Kenny Dawkins (Liga Sorocabana), Eric Tatu (Brasília), Jefferson Campos (Suzano), Marcellus (Tijuca) e Victor Correia (Joinville).

Leia tudo sobre: Jogo das EstrelasNBBBasquete Brasileiro

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas