Brasileiro segue internado em Cleveland e já começou tratamento, mas deve ficar em observação pelos próximos três meses

Varejão postou foto sua na mesa de cirurgia. Ele passou por operação no dia 9 de janeiro
Reprodução/Twitter
Varejão postou foto sua na mesa de cirurgia. Ele passou por operação no dia 9 de janeiro

O pivô brasileiro Anderson Varejão está fora do restante da atual temporada da NBA. O jogador do Cleveland Cavaliers tem embolia pulmonar e deve ficar em observação pelos próximos três meses, perdendo a sequência do torneio de basquete dos Estados Unidos. 

Entenda o que é embolia pulmonar na Enciclopédia de Saúde do IG

Varejão ainda estava internado depois de segue internado uma cirurgia após ter uma ruptura no músculo quadríceps da perna direita. Exames feitos na semana passada mostraram que ele tem um coágulo de sangue (parte inferior do pulmão direito), configurando um quadro de embolia. Com isso, já começou o tramento com anticoagulante e ficará no hospital Cleveland Clinic por mais alguns dias. 

Leia mais: Lakers perde mais uma e segue distante dos playoffs

"Conversei com os médicos e me passaram calma, me deixaram tranquilos. O tratamento não é complicado, nem doloroso, vou me recuperar bem e estar 100% em algumas semanas. Mas não adianta pressa. Estava chateado por ter que passar pela cirurgia, perder parte da temporada, e fiquei triste com essa notícia. Soube há alguns dias e não esperava", disse o pivô por meio de sua assessoria de imprensa nesta segunda-feira. 

Varejão estava em sua melhor temporada em nove anos de NBA. Ele era líder em rebotes, com média de 14,4 por jogo e mantinha a excelente média de 14,1 pontos por partida. Deixou a competição no dia 18 de dezembro, quando se machucou na partida contra o Toronto Raptors. 

"É ruim ficar de fora, muito ruim quando é por motivos assim, como lesão ou algum problema médico, mas quero enxergar o lado bom, que vou ficar bem logo. Tenho recebido muito carinho da minha família, dos meus amigos e dos fãs, que estão sempre mandando mensagens e isso me ajuda muito a superar os problemas"', completou. 

    Leia tudo sobre: NBA
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.