Varejão sonha com temporada sem lesões para brilhar na NBA

Pivô quer levar o Cleveland Cavaliers aos playoffs pela primeira vez desde a saída de LeBron

Gazeta |

Getty Images
Anderson Varejão sobe para a enterrada

O brasileiro Anderson Varejão começa nesta terça-feira sua nona temporada consecutiva na NBA, a nona pelo Cleveland Cavaliers. O jogador é uma das estrelas da equipe, que estreia contra o Washington Wizards, de Nenê, às 21h (de Brasília), mas sabe que precisa evitar as lesões para finalmente se tornar protagonista na liga mais forte do mundo.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

As contusões impediram que Varejão deslanchasse na NBA, com o pivô capixaba ultrapassando os 70 jogos em apenas três de suas oito temporadas. Em 2010/2011, foram 31 jogos, seis a mais do que em 2011/2012, quando ele tinha o melhor rendimento de sua carreira nos Estados Unidos até sofrer uma fratura no punho direito.

"Quero passar longe do departamento médico, nem pensar em lesão. É claro, as contusões fazem parte do dia-a-dia do atleta, mas já me machuquei muito nos últimos anos, quero ter uma boa temporada, sem me machucar, para poder ajudar os Cavs", afirmou Varejão. A missão do pivô capixaba é liderar um time ainda em formação, com a contratação de diversos jogadores jovens e que depende de noites inspiradas do armador Kyrie Irving. Do elenco do Cleveland Cavaliers de 2004/2005, temporada em que Varejão chegou à NBA, ele é o único remanescente.

GUIA DA NBA: Recheados de estrelas, Heat e Lakers iniciam temporada da NBA como favoritos

Depois de um desempenho decepcionante nas duas últimas edições da NBA, justamente as temporadas em que Varejão menos atuou, o time sonha em avançar aos playoffs pela primeira vez desde a saída da estrela LeBron James.

"Temos uma equipe em fase de construção, chegaram jogadores jovens, outros experientes, e estamos montando um bom time. Espero que a equipe possa fazer um campeonato melhor que o ano passado, quando muitos ficaram fora por causa de lesões", avaliou o capixaba, um dos destaques da Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos em Londres-2012.

Após boa a participação da equipe nacional nas Olimpíadas, em que ficou com a quinta colocação, o basquete brasileiro também pode comemorar um recorde: serão seis atletas do País na edição da NBA. Além de Varejão, Tiago Splitter, Leandrinho e Nenê, que jogaram as edições anteriores da competição, os novatos Scott Machado e Fab Melo participam do campeonato mais forte do mundo.

Dos seis atletas brasileiros na liga, quatro são pivôs, mas o jogador do Cleveland Cavaliers acredita que o país pode ter também atletas de outras posições nos times do campeonato.

"Acho que é coincidência. Há pouco tempo, tivemos Alex e Marquinhos, que são alas, aqui na NBA. Temos outros jogadores, armadores e alas, com qualidade para jogar na NBA, que já podiam estar aqui ou que podem vir a atuar na liga nos próximos anos, e ver que o Brasil tem hoje tantas opções é muito bom, porque temos uma seleção forte".

    Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
    Leia tudo sobre: nbaanderson varejãotemporadalesõesbrilhanbacleveland cavaliers

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG