Associação de jogadores da NBA condena multa por simulação de faltas

Billy Hunter, diretor executivo da NBPA, alega que a liga não pode impor novas regras econômicas contra os jogadores sem negociar com união

iG São Paulo |

Getty Images
Billy Hunter, diretor executivo da associação de jogadores da NBA

Um dia depois de a NBA confirmar multa para quem simular falta , o diretor executivo da associação de jogadores da liga (NBPA), Billy Hunter, emitiu um comunicado oficial condenando a regra. "A NBA não tem a permissão de impor unilateralmente novas regras econômicas contra os jogadores sem antes negociar com a união", disse.

A NBA faz certo em multar os atletas que simulam faltas? Comente

De acordo com a nova regra, o jogador que tentar enganar o árbitro será multado em US$ 5 mil (R$ 10,1 mil). Os reincidentes poderão arcar com punições de até US$ 30 mil (R$ 60,7 mil), antes de serem suspensos da liga.

Leia também:  Paul Pierce admite ter pensado na possibilidade de deixar o Boston Celtics

"Acreditamos que qualquer punição monetária para um ato deste tipo é inapropriada e sem precedentes no nosso esporte, ou em qualquer outro esporte", completou o dirigente.

A nova temporada da NBA está prevista para começar no dia 30 de outubro. Em 2011, o campeonato ficou suspenso até dezembro devido a um impasse trabalhista entre jogadores e proprietários das franquias. 

Veja o ranking dos melhores jogadores da NBA feito pela ESPN norte-americana:


Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: NBA

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG