Publicidade
Publicidade - Super banner
Basquete
enhanced by Google
 

Nenê reclama de postura do Nuggets e ‘apaga’ nove anos da memória

Pivô brasileiro afirma ter se sentido desrespeitado com a forma a qual o time de Denver o negociou durante a última temporada

iG São Paulo * |

O pivô Nenê Hilário ainda guarda mágoa do Denver Nuggets, time que defendeu por nove temporadas da NBA e o trocou durante o último campeonato. O brasileiro foi para o Washington Wizards e reclamou da postura da ex-equipe na negociação que culminou em sua transferência.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

AP
Nenê foi negociado com o Washington Wizards na última temporada

No último dia da janela de transferências do meio de temporada da NBA, Nenê foi envolvido em uma troca tripla que também teve a participação do ala Brian Cook, que saiu do Los Angeles Clippers para o Wizards, o armador Nick Young, que fez o caminho contrário, e o pivô JaVale McGee e o ala-pivô Ronny Turiaf, que deixaram o time da capital federal para jogar em Denver.

Leia mais sobre basquete no blog do Fábio Sormani

"Foi uma completa falta de educação, desrespeito com a minha pessoa, minha família e as pessoas que trabalham comigo. Tanto que eu nem gosto de falar porque já é passado, apaguei esses nove anos e meio que eu joguei lá por causa do modo que foi feito", disse o jogador.

À época da troca, Nenê deixou uma equipe com boas chances de se classificar aos playoffs para integrar um time de jogadores jovens que fazia campanha decepcionante. O Washington encerrou a NBA com a penúltima colocação da Conferência Leste, com 20 vitórias e 46 derrotas. Já o Denver passou para a fase de mata-mata, mas foi eliminado pelo Los Angeles Lakers.

Veja também: Leandrinho revela sete propostas e ansiedade por acerto de contrato

O cenário parece mudar, no entanto. O Wizards já contrataram o pivô Emeka Okafor e o ala Trevor Ariza para fazer companhia a Nenê, que celebra ainda o talento do armador John Wall. Segundo o brasileiro, o modo como a equipe atua também o beneficia em quadra.

"No Washington você pode falar de passado, presente e futuro. Você viu a mudança que está tendo. Ainda bem que Deus me tirou no momento certo de uma barca furada e Washington está bem, no caminho certo", celebrou. "O técnico sabe como eu jogo, só me coloca no meu espaço, está me usando da melhor maneira possível", completou.

Confira ainda: No Boston Celtics, brasileiro quer aprender com Garnett

Enquanto acompanha a janela de transferências da NBA e os novos companheiros de equipe, Nenê integra o grupo da seleção brasileira masculina que se prepara para os Jogos Olímpicos de Londres. Após treinos em São Paulo e jogos em São Carlos, a equipe viaja nesta terça-feira para Buenos Aires, onde participa de um triangular amistoso.

Depois, o time realiza mais partidas em Foz do Iguaçu, onde o técnico Rubén Magnano anuncia os 12 convocados para as Olimpíadas. De lá, a seleção parte para os Estados Unidos, onde enfrenta o time norte-americano. A última fase de preparação ocorre na França.

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: nenêdenver nuggetswashington wizards

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG